17/10/2020 às 17h40min - Atualizada em 17/10/2020 às 17h40min

Chapecoense fica no empate em casa e desperdiça chance de assumir a liderança

Marcos Eduardo Carvalho
Marcio Cunha/ACF
A Chapecoense ficou no empate por 1 a 1 contra o Vitória neste sábado, na Arena Condá, em Chapecó, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, a Chape vai a 30 pontos, se mantém em segundo lugar, mas perde a chance de assumir a liderança. O Cuiabá segue em primeiro, com 32. Ainda assim, o time de Santa Catarina tem um jogo a menos e ainda tem chances de assumir o primeiro lugar. O Vitória, por sua vez, foi a 19 pontos e segue mais próximo da zona de rebaixamento do que da briga pelo acesso.

Os catarinenses, embora não tenham vencido, chegam a dez jogos de invencibilidade na competição e, somando as finais do Estadual, já são 12 partidas sem perder em 2020.

Agora, a equipe do técnico Umberto Louzer volta a jogar na terça-feira, quando visita a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 21h30, em confronto direto pelas primeiras colocações, já que o time paulista tem três pontos a menos e está em quarto lugar.

Neste sábado, o Vitória começou melhor, dificultando as ações da Chape nos primeiros minutos. Porém, aos 23min, Paulinho Moccelin, que five grande fase, recebeu pela esquerda e chutou forte para abrir o placar: 1 a 0. Era a primeira chegada real do Verdão ao ataque.

Animado, o time da casa quase ampliou dois minutos depois, quando o atacante Anselmo Ramon acertou a trave direita do goleiro baiano.

O Vitória, então, partiu para o ataque, em busca da igualdade. Porém, a defesa da Chape, ponto forte da equipe na temporada, estava bem postada e os visitantes tinham dificuldades de conclusão.

A primeira grande chance do time baiano veio aos 45min, quando Alisson Farias penetrou entre a zaga da Chape e, de cabeça, obrigou o goleiro João Ricardo a espalmar para escanteio, de forma espetacular.

No segundo tempo, a Chapecoense continuava tentando explorar os contra-ataques. E, aos 8min, quase ampliou, novamente pela esquerda, com Moccelin, que recebeu, avançou e bateu cruzado, rasteiro, à esquerda do goleiro.
Mas o Vitória cresceu no jogo, foi pressionando, chegando e, aos 16min, com Tiago Carleto em cobrança de pênalti, chegou ao empate: 1 a 1.

O gol do time baiano acordou a Chapecoense. O time adiantou a marcação, foi para o ataque e começou a empurrar o vitória para o campo de defesa. Nos contra-ataques, porém, desta vez era o Vitória quem levava perigo. E aos 32min, Léo Ceará recebeu lançamento em profundidade, entrou na área, driblou o goleiro, mas chutou na rede pela lado de fora.

Outra grande chance do Vitória veio aos 36min, quando Tiago Carleto cobrou falta com perigo, João Ricardo espalmou e depois defendeu na sobra. Na sequência do lance, Lucas Tocantins escapou em contra-ataque para a Chape, mas foi desarmado na hora da conclusão.

Mais uma chance perdida pelos visitantes: aos 39min, Léo Ceará recebeu cruzamento na segunda trave e cabeceou para fora, com muito perigo.

Nos minutos finais, a Chapecoense tentou novamente fazer uma pressão sobre o Vitória. Porém, não obteve sucesso.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp