22/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 22/03/2021 às 00h00min

Distúrbios do sono podem aumentar durante a pandemia, alerta professor da UFSC

Da Redação
Divulgação
Alguns fatores relacionados ao isolamento social e à pandemia, como o abuso de álcool, a exposição a produtos eletrônicos e a falta de atividade física estão associados ao crescimento de casos de distúrbios do sono, principalmente a insônia. Além destes fatores, foi registrado um aumento no caso de apneia do sono devido ao crescimento no número de pessoas obesas.

Os dados foram apresentados pelo médico pneumologista do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina, Pablo Moritz, por ocasião do Dia Mundial do Sono, lembrado em todo o mundo no dia 19 de março. A data marcar a importância do alerta e tratamento de distúrbios do sono, como a insônia, a apneia obstrutiva do sono e a síndrome das pernas inquietas.

Pablo Moritz, que é especialista em Medicina do Sono, disse que o HU atende pacientes com estes problemas dentro do Ambulatório de Pneumologia. São pacientes encaminhados pelo Sistema de Regulação (Sisreg), ou seja, para buscar atendimento nesta área é preciso procurar inicialmente a Unidade Básica de Saúde, onde a equipe médica fará a avaliação inicial e os encaminhamentos, quando necessário.

Segundo ele, é importante buscar ajuda porque distúrbios como a apneia obstrutiva do sono, se não forem tratados, podem causar doenças cardiovasculares, como infarto, arritmia e hipertensão. Os principais sintomas são sono fragmentado, sonolência durante o dia e ronco frequente. “Isso vem aumentando nos últimos anos por causa da obesidade da população”, reforçou o médico.

A apneia pode ser tratada com exercícios físicos e mudança de hábitos (evitar exposição à luz e reduzir consumo de álcool, por exemplo). Além disso, existe um tratamento específico, feito com uma máscara de silicone ligada a um pressurizador de ar, chamada de CPAP, que é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e tem resultado eficaz contra a apneia obstrutiva do sono.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp