18/03/2021 às 17h16min - Atualizada em 18/03/2021 às 17h16min

Criciúma fica no empate sem gols com o Marília e avança à segunda fase da Copa do Brasil

Marcos Eduardo Carvalho
Celso da Luz/www.criciuma.com.br


O Criciúma avançou à segunda fase da Copa do Brasil. Na tarde desta quinta-feira, ficou no empate por 0 a 0 contra o Marília-SP, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica-ES e, como visitante, tinha a vantagem do empate.

A partida, que inicialmente seria disputada no estádio Bento de Abreu, em Marília, foi transferido para Varginha, em Minas, na quarta-feira. Depois, por causa da Covid-19, foi transferida para o Espírito Santo e nesta quinta.

Agora, o Tigre vai encarar a Ponte Preta na segunda fase, em jogo que ainda não tem definida data e horário. Mas o time comandado pelo técnico Hemerson Maria já garantiu uma premiação de R$ 675 mil pela vaga.

Em termos de resultado, os carvoeiros seguem sem vencer na temporada 2021, já que pelo estadual ainda não venceu após três rodadas.

No domingo, o Criciúma volta a jogar pelo Campeonato Catarinense, às 16h, quando visita o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O JOGO.

Em campo, o time paulista começou com uma postura mais ofensiva, até porque precisava da vitória. Mais cauteloso, o Tigre tentava se proteger e puxar os contra-ataques.

Mas a primeira boa chance do jogo foi do Criciúma, com Pedrinho, que arriscou chute de fora da área, com estilo, mas a bola passou à esquerda do goleiro paulista.

O jogo, porém, era truncado, com poucas oportunidades de gol para os dois lados. Aos 25min, teve até uma parada técnica por conta do forte calor em Cariacica.

O Marília tentava apostar na velocidade, mas a defesa do Criciúma estava sempre bem postada, sem dar muito espaço para as jogadas ofensivas. Os times pouco criaram até o final do primeiro tempo e foram para o intervalo com empate por 0 a 0, resultado que favorecia o Tigre.

No segundo tempo, os times voltaram em ritmo mais rápido. Porém, logo aos 2min, o Criciúma já arriscou o primeiro chute agora, com defesa difícil do goleiro Agenor, do Marília. Aos 6min, Helder criou outra chance para o time catarinense, em nova boa defesa de Agenor. Assim, em pouco tempo já teve mais chances do que no primeiro tempo todo.

Bem melhor na etapa final, o Criciúma ainda quase abriu o placar aos 14min, quando Pedrinho, de fora da área, acertou um belo chute no travessão, na chance de gol mais clara de toda a partida até então.

O time paulista, que encarou 17 horas de estrada entre Varginha e Cariacica, parecia estar cansado. Mas o Marília não tinha desistido e apostava nas jogadas aéreas. Aos 26min, assustou a zaga do Criciúma. Em jogada aérea, Jean Pierre desviou de cabeça e o goleiro Gustavo teve que fazer uma defesa espetacular, desviando para escanteio.

Aos poucos, o jogo voltou a ficar equilibrado, com poucas chances de gol. Para o time catarinense, restava tentar valorizar a posse de bola e deixar o tempo passar.

O Marília tentou pressionar na base do abafa no final, mas o Criciúma conseguiu se segurar e garantiu a vaga.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp