12/03/2021 às 16h12min - Atualizada em 12/03/2021 às 16h12min

​No ano do Centenário, Figueirense pede recuperação judicial para não ir à falência

Da Redação
Patrick Floriani/FFC
Um triste capítulo na história do Figueirense. E justamente no ano do Centenário do clube.  Nesta última quinta-feira, o clube ingressou com o pedido de recuperação judicial na vara especializada da Comarca da Capital. Entre outros pontos, advogados do clube requerem a suspensão da exigibilidade de "todos e quaisquer créditos trabalhistas e quirografários".

De acordo com o pedido de recuperação judicial, o não aval para a recuperação judicial pode gerar o risco "do desparecimento de uma instituição centenária e pioneira".

Segundo a Justiça de Santa Catarina, além disso, a ação pede o levantamento de "todos e quaisquer ativos do Clube que tenham sido objeto de bloqueios ou arrestos, assim como os dados em caução ou depósito, nos processos em que se discutem os créditos trabalhistas e quirografários que serão restruturados no âmbito do processo".

O Figueira, que foi rebaixado para a Série do Campeonato Brasileiro nesta última temporada, acumula mais de R$ 165 milhões em dívidas e corre risco de ir à falência. Metade desta dívida está vinculada ao Figueirense Futebol Clube, enquanto outra parte à Figueirense LTDA.

A parceria com a empresa Elephant, em 2017, agravou ainda mais a crise do clube. Em 2019, os atletas fizeram greve e o time perdeu um jogo por W.O. no Campeonato Brasileiro da Série B.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp