08/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 08/03/2021 às 00h00min

​'Nós estamos em guerra', diz secretário de Saúde de SC

Da Redação
Julio Cavalheiro/Secom
Em agenda na cidade de Concórdia na manhã deste sábado, 6, o secretário de Estado da Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, salientou a necessidade do aumento da oferta de serviços para enfrentar o momento crítico vivido em Santa Catarina por conta da pandemia de Covid-19. Motta Ribeiro participou de uma reunião com os prefeitos Rogério Pacheco, de Concórdia, e Kiko Canale, de Seara. Em seguida foi ao Hospital São Francisco, que possui 20 leitos de UTI exclusivos para tratamento da doença viral. 

Aos funcionários da unidade, o secretário reforçou a importância do trabalho realizado pelos profissionais da linha de frente, afirmou que os próximos meses tendem a ser difíceis, e conclamou o esforço de todos. 

“Nós estamos em guerra. É preciso utilizarmos todas as armas disponíveis para vencer essa pandemia. O atual momento é grave. Assim como todas as cidades, Concórdia está sendo impactada. É necessário aumentar a oferta de serviços, e a presença do Governo do Estado hoje aqui é para simbolizar que nós daremos todo o apoio possível para isso”, disse o secretário. 

O prefeito Rogério Pacheco agradeceu os esforços do Governo do Estado em auxiliar os municípios no enfrentamento da pandemia. Ele garantiu que tentará viabilizar, também junto à iniciativa privada, mais recursos para garantir a abertura de novos leitos de UTI no hospital da cidade. 

As prefeituras da região se colocaram à disposição para ceder profissionais de saúde para atuar emergencialmente na unidade, de modo a garantir a ativação de mais leitos. Além disso, ficou acertado um reforço nos hospitais de retaguarda da região do Alto Uruguai para garantir mais espaços no Hospital São Francisco. 

“Foi muito positiva a reunião que nós tivemos. O importante de tudo isso é que o hospital vai trabalhar essa questão da ampliação dos leitos de UTI e também de enfermaria. O Estado está dialogando com o hospital e nós também e vamos fazer esses encaminhamentos, que são necessários”, afirmou o prefeito Rogério Pacheco. 

Também participou da agenda em Concórdia o superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Ribeiro, o vice-prefeito Edilson Massocco, e os secretários municipais de saúde.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp