14/01/2022 às 18h12min - Atualizada em 14/01/2022 às 18h12min

Muriqui quer repetir história vitoriosa no Avaí 13 anos depois

Marcos Eduardo Carvalho
Leandro Boeira/Avaí F.C.
O Avaí ficou em sexto lugar no Campeonato Brasileiro de 2009, a melhor campanha de um time catarinense até hoje na era dos pontos corridos. Inclusive, o Leão da Ilha se classificou para a Copa Sul-Americana do ano seguinte.

Mas, naquele elenco estava um jovem atacante, de 22 anos, Muriqui, que foi um dos destaques daquela campanha vitoriosa. Agora, 13 anos depois, com o Avaí novamente na elite após o acesso em 2021, Muriqui também está de volta.

Assim, aos 35 anos, o jogador foi apresentado nesta sexta-feira (14) depois de ter sido anunciado no meio da semana e espera fazer bonito este ano.

Aliás, a principal missão do clube catarinense este ano é ao menos se manter na elite do Brasileirão, pois nas últimas temporadas, o time tem subido e depois já caído para a Série B.

No entanto, Muriqui se mostra animado e espera dar alegrias ao torcedor do Leão, como fez lá atrás.
“Estou muito feliz e motivado em retornar ao Avaí. Foram 13 anos que passaram e me sinto muito honrado por estar aqui. Disse diversas vezes em entrevistas no passado que eu queria muito retornar ao clube e hoje estou tendo esta oportunidade”, disse na entrevista coletiva.

Depois, ainda ressaltou que espera colaborar com sua experiência. “Espero colaborar dentro de campo com a experiência que adquiri e fora de campo também. O principal é ajudar dentro de campo na parte técnica, em liderança. Me sinto muito motivado e feliz de estar aqui novamente”, afirmou o atleta.

Nova realidade

Embora o momento atual seja bem diferente do vivido em 2009, Muriqui está confiante em uma boa temporada.
“Eu quero competir, eu quero disputar. Quero fazer coisas que possibilitem a gente a fincar a bandeira do Avaí na Série A. Minha conversa com o William Thomas também foi nesse sentido. E o Marquinhos falou que o time está sendo montado legal, para brigar e consequentemente isso me motiva”, disse.

“Eu sai do Avaí 13 anos atrás como 6º lugar, como a melhor campanha de um time catarinense na Série A. Por pouco quase fomos à Libertadores. Eu sei que a realidade hoje é diferente, mas queria um projeto que pudesse competir e ajudar o Avaí a permanecer na Série A”, afirmou.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp