02/10/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/10/2021 às 00h00min

'A cidade está preparada e segura para receber os visitantes', diz vice-prefeito de Florianópolis

Marcos Eduardo Carvalho
Divulgação
Florianópolis é uma cidade turística e que atrai gente do mundo inteiro com suas belas praias, clima agradável e, principalmente, pela educação de seu povo. Mas a pandemia da Covid-19, que já dura 18 meses, trouxe desafios e incertezas para a cidade, que sofreu bastante no ano passado.

No entanto, com a vacina em estágio avançado, os casos diminuíram e a capita de Santa Catarina vive uma retomada das atividades e o reaquecimento da economia.

Assim, o vice-prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, falou ao portal Manezinho News em entrevista exclusiva, sobre os desafios e os avanços da cidade nos últimos meses.

Manezinho News - Florianópolis, assim como o país, avança na vacinação e a pandemia diminuiu. O que esperar do turismo na cidade nos próximos meses?
A cidade está preparada e segura para receber os visitantes. Antes da pandemia vivíamos um grande momento com obras como o alargamento da faixa de areia de Canasvieiras, o entorno da Ponte Hercílio Luz, a iluminação das praias… a Prefeitura seguiu realizando e agora temos ainda mais atrações, além do novo aeroporto. Além disso, estamos avançados na vacinação e zelamos pelo cumprimento dos protocolos de segurança. O turista pós-pandemia também busca isso.

Manezinho News - No ano passado, a cidade sentiu fortemente o impacto com o recuo de empregos no auge da pandemia, mas agora, segundo o Caged, a cidade vem tendo saldo positivo. A que o senhor atribui essa melhora?
Atribuo a vários fatores, mas, em especial à união do poder público com o setor produtivo e as organizações do terceiro setor. Logo no 1º dia útil de janeiro o prefeito Gean Loureiro lançou o programa Floripa Mais Empregos. Ouvimos os principais segmentos econômicos da cidade, identificamos onde havia vagas a serem preenchidas e direcionamos nossos esforços em capacitações gratuitas. Tivemos parcerias importantes como Fiesc, UFSC, além de ações como o Auxílio Municipal Emergencial e o portal Floripa Mais Empregos, além de uma grande rede de voluntários colaborando com a recuperação de famílias mais impactadas pela crise. Tudo isso gerou movimentação econômica, emprego e renda.

Manezinho News - Quais são os principais desafios da cidade para os próximos anos, especialmente para o próximo, que será o primeiro com a população imunizada desde o início?
O fim da pandemia vai expor algumas cicatrizes, mas chegamos a um ponto em que todos que atravessaram essa tempestade podem ser considerados vitoriosos. Os impactos na economia ainda levarão algum tempo para total recuperação, mas as perspectivas são muito animadoras. O desafio é manter a imunização de todos em dia, respeitar as medidas de segurança sanitária e conciliar tudo isso com a retomada das atividades em todos os segmentos. A saúde mental já é um desafio grande que estamos enfrentando, com adaptação da nossa área da saúde. Precisaremos nos reinventar e identificar as oportunidades que toda essa mudança trouxe.

Manezinho News - O senhor acredita que, em um futuro próximo, a vida poderá voltar ao normal como era antes?
Ao normal sim, mas não como era antes. Alguns aprendizados devem permanecer, como o maior cuidado com a saúde física e mental e a higiene dos ambientes compartilhados. Muitas pessoas perderam entes queridos, perderam trabalho. De alguma forma, fomos todos atingidos. Algumas pessoas descobriram novas atividades ou mudaram a forma de trabalhar. Mudamos a forma e os critérios na hora de comprar. É um mundo novo ao qual estamos nos adaptando.

Manezinho News - Que lição a gente pode tirar, como ser humano, neste período de pandemia da Covid-19?
Que não podemos desistir. Problemas fazem parte da trajetória humana. Precisamos nos ajudar e também saber pedir ajuda, se for o caso. Em meio ao caos, vimos muita gente se doando, ajudando como pôde. Outro aprendizado importante é que não temos controle sobre tudo. É preciso saber lidar com as adversidades da melhor forma, porque elas, em maior ou menor grau, sempre existirão.

Manezinho News - O povo de Florianópolis é conhecido em vários lugares do país pela hospitalidade e pela educação, principalmente com os turistas. Até que ponto isso pode ser utilizado para atrair ainda mais visitantes à cidade?
Acredito muito na cultura local como um potencial a ser cada vez mais valorizado. As ações recentes da Prefeitura, como a Feira de Cascaes, mostram que Florianópolis tem atrativos maravilhosos, para quem mora e para quem visita. São atrações que transcendem o turismo de temporada. Quando digo cultura, me refiro também à gastronomia, à pesca, ao turismo de trilhas e a tudo que se identifica com a nossa Ilha.

Manezinho News - Quais são os principais planos e projetos da prefeitura para os próximos meses?
As prioridades são a saúde - seja na cobertura vacinal ou nos cuidados com as pessoas afetadas pela Covid; a infraestrutura, com conclusão das grandes obras estruturantes que estão em curso e que serão lançadas pelo prefeito Gean; o trabalho, com as ações do Floripa Mais Empregos; e a assistência social, que vem fazendo um belíssimo trabalho com pessoas de todas as idades - desde as terapias com autistas na piscina pública, passando pelo acolhimento das pessoas em situação de rua até a retomada das atividades com os idosos.

Manezinho News - O portal Manezinho News surgiu em setembro do ano passado e vai fazer um ano no ar, com uma atuação jornalística independente, plural e apartidária. Na sua opinião, até que ponto a mídia pode ser importante para a nossa sociedade?
A imprensa, a mídia, de forma geral, é a maneira que temos de comunicar o que estamos fazendo; de permitir ao cidadão acompanhar o que se realiza com o dinheiro público; e de termos acesso também ao que o cidadão está apontando como necessidade na ponta. É pelos meios de comunicação que muitas vezes o serviço público é fiscalizado e também por onde o gestor público comunica seus atos. Com cada vez mais canais, a população tem amadurecido muito a sua participação política. O próximo estágio é saber lidar com a credibilidade da informação, para impedir que as fake news ganhem mais força que os verdadeiros fatos. Aproveito para parabenizar o portal pelo primeiro aniversário e desejar vida longa. Cada vez mais a mídia local e hiperlocal terá importância na comunicação.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp