22/06/2022 às 11h28min - Atualizada em 22/06/2022 às 12h30min

Mercado de franquias em alta: energia solar é o futuro

Representando 2,4% da matriz elétrica brasileira, energia solar é tratada como alternativa às contas caras e demais problemas

SALA DA NOTÍCIA Boost Assessoria de Imprensa
Internet

Crise hídrica, aumento da conta de luz e busca pela sustentabilidade. Esses são os motivos que têm feito o setor de energia solar obter um crescimento exponencial no Brasil. A geração desse tipo de energia teve crescimento de 65,9% em abril se relacionado ao mesmo mês em 2021. Dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

“A energia solar já é uma tendência mundial, é o que chamamos de energia do futuro. No Brasil, 2,4% de toda matriz elétrica é solar, o mercado ainda tem muito para se desenvolver, o que demonstra muito espaço aos investidores”, comenta Luiz Alberto Wagner, CEO da HCC Energia Solar. 

A energia hidrelétrica, que é a maior no Brasil, é responsável por 57,6% da energia utilizada pelos brasileiros. O restante é produzido por outros tipos de energia, como a eólica e derivados.

Mercado de franquias 

Embora seja um conceito antigo nos negócios, o mercado de franquias, ou franchising, gera muito lucro a quem decide investir neles. O modelo de negócio cresceu cerca de 10,7% de 2020 para 2021, no “retorno” econômico provocado pela pandemia.

As empresas privadas já investiram R$ 66,3 bilhões no setor solar, desde 2012, gerando 390 mil empregos, segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSolar). A pesquisa também revelou que mais de 17 milhões de toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas graças a esse tipo de energia.

Segundo Maurício Matsumoto, consultor do Sebrae-SP, é um bom momento para investir no setor. "A franquia é um modelo já testado e aprovado. As redes já mapearam o mercado e têm todo o aparato técnico que esse modelo de negócio exige. É uma opção atraente e com um bom potencial de sucesso", comenta.

“Muitos empresários perguntam como investir. Com os investidores olhando, é necessário que a franqueadora ofereça capacitação e que tenha experiência no ramo como franqueadora”, diz Luiz Alberto. 

Para o empresário, as franqueadoras precisam oferecer capacitação técnica a quem deseja ter uma franquia. “Não é só largar o investidor com a franquia, precisa de todo um cuidado, o diferencial é acompanhar o franqueado em cada etapa”, afirma.

Embora o cenário seja favorável, também é necessário a quem deseja ter uma franquia conhecer a Lei de Franquia (Lei 13.966/2019) e se atentar aos melhores serviços prestados.


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp