09/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 09/12/2020 às 00h00min

​Cesta básica em Florianópolis sobe 5,51% em novembro e é a quarta mais cara do país, diz Dieese

Marcos Eduardo Carvalho
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
O preço da cesta básica em Florianópolis ficou em R$ 616,98 em novembro, um aumento de 5,51% em relação a outubro e equivalente a 63,83% do valor do salário mínimo atual. Os dados foram divulgados no início da semana pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Atualmente, a capital catarinense tem a quarta cesta mais cara do país entre as capitais pesquisadas, perdendo apenas para Rio de Janeiro (R$ 629,63), São Paulo (R$ 629,18) e Porto Alegre (R$ 617,03). Um dos ‘vilões’ na capital catarinense foi o óleo de soja, que registrou alta de 11,87% no período.

Ainda de acordo com o Dieese, quando se compara o custo da cesta com o salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social (alterado para 7,5% a partir de março de 2020, com a Reforma da Previdência), verifica-se que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em novembro, na média, 56,33% do salário mínimo líquido para comprar os alimentos básicos para uma pessoa adulta. Em outubro, o percentual foi de 53,09%.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp