06/10/2021 às 14h31min - Atualizada em 06/10/2021 às 15h50min

Com ascensão da Inteligência Artificial no Direito, ESEG tem matriz focada em tecnologia

Faculdade do Grupo Etapa também possui Núcleo para desenvolvimento de pesquisas

SALA DA NOTÍCIA Allyne Pires
https://eseg.edu.br/
ESEG - Faculdade do Grupo Etapa
 

A ESEG - Faculdade do Grupo Etapa entende que o mercado de trabalho está se renovando a cada dia graças, especialmente, ao uso da tecnologia. Na área de Direito não é diferente, também está se automatizando. Por isso, desde 2019, quando recebeu a autorização para disponibilizar o curso, a Instituição incluiu em sua matriz curricular disciplina de Inteligência Artificial. Além disso, possui atividades extracurriculares e laboratórios tecnológicos que ajudam no desenvolvimento profissional dos discentes.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2019, o número de processos em tramitação estava acima de 77 milhões. A estimativa é que precisaria quase sete anos para que as ações fossem concluídas. Esse cenário pode mudar com a implementação da Inteligência Artificial, em geral tratadas pelas lawtechs.

“Essas startups apresentam ferramentas que dão agilidade a temas administrativos e tarefas repetitivas do operador do Direito, resultando em economia de tempo. Outra vantagem são as análises assertivas dos resultados de ações com a mesma natureza, que podem indicar o que pode ser obtido no processo. Dessa forma, a decisão é racionalizada e as chances de sucesso aumentam”, analisa o professor mestre Alexandre Dal Mas, coordenador do curso de Direito da ESEG. “A automação na área já vinha acontecendo, mas a pandemia intensificou esse processo. Por isso, bons advogados, hoje, além de saber empreender, se entenderem de ciência de dados possuem um diferencial. E o aluno pode fazer o curso de média duração de Data Science da Faculdade”.

Os discentes da Faculdade têm a possibilidade de desenvolver essa habilidade por meio da disciplina Inteligência Artificial e Direito. Além de poder realizar pesquisas no Núcleo de Inteligência Artificial e Robótica com estudantes de outras áreas, ampliando seu network e visão multidisciplinar.

Para um viés empreendedor, a ESEG possui disciplina e o Núcleo de Empreendedorismo, que atua na criação e gestão de empresas. O aluno tem base para construir um plano de negócios e levantar o investimento necessário para materializar o projeto dele.

A Instituição também oferece o Fábrica de Skills, projeto com três disciplinas optativas - Simula ESEG, Formação de Excelência e ESEG Debates. O intuito é que os discentes tenham formação complementar, para auxiliá-los no desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais.

“Diferente do que muitos pensam, a Inteligência Artificial não substituirá o papel de profissionais, ela surge para trazer soluções, agilidade, complementar a atuação do advogado que analisará o caso com mais assertividade diante dos dados apresentados pela tecnologia”, afirma Dal Mas. “A parte humana, a experiência, empatia do profissional, enfim, as soft skills são tão requisitadas quanto as hard skills”.


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp