06/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/01/2021 às 00h00min

Florianópolis fecha 2020 com o quarto metro quadrado mais caro do país, diz FipeZap

Marcos Eduardo Carvalho
Divulgação
Pela primeira vez nos últimos quatro anos, os imóveis residenciais tiveram alta no preço e registraram 3,67% de alta ao final de 2020, segundo dados divulgados pela FipeZap. Porém, o valor é abaixo da estimativa da inflação para o período, que ficou em 4,38%. Em dezembro, o aumento médio dos imóveis ficou em 0,46%.

Florianópolis hoje é a quarta cidade mais cara do país. O metro quadrado médio está em R$ 7.419, perdendo apenas para Rio de Janeiro (R$ 9.439), São Paulo (R$ 9.329) e Brasília (R$ 7.985).
 
Além disso, a alta média do preço do imóvel na cidade subiu mais do que o dobro da média nacional, chegando a 7,02%, segundo a FipeZap, que monitora a variação do preço médio de venda de imóveis residenciais em 50 cidades. A cidade foi a sexta do ranking em aumento durante 2020. Em dezembro, o valor do aumento foi de 1,02%.
 
NÚMEROS.
 
Atualmente, a capital catarinense tem 190 mil casas e 71 mil apartamentos, com uma renda média familiar per capta de R$ 2.691.
 
Dividindo por bairros, a região do Jurerê Internacional tem o metro quadrado mais caro da cidade, a R$ 10.389. Depois, vem a Agronômica, com R$ 9.694, Campeche (9.665), Jurerê (R$ 9.478) e Centro (R$ 8.494).
 
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp