17/11/2021 às 09h12min - Atualizada em 17/11/2021 às 09h12min

Brusque: permanência na Série B depende das próprias forças, mas não pode baixar a guarda

Marcos Eduardo Carvalho
Jefferson Alves/Brusque FC
O Brusque respira um pouco mais aliviado, mas nem tanto, nesta reta final da Série B do Campeonato Brasileiro.
A vitória em casa por 1 a 0 sobre o CRB, na segunda-feira (15), foi fundamental para as pretensões de que tem tenta fugir do rebaixamento.

Com 41 pontos, é hoje o 15º colocado, com vantagem apenas nos critérios de desempates sobre o Remo, 16º, e sobre o Londrina, 17º.

Além disso, ainda teme a chegada do Vitória, o 18º, que tem 40 pontos e vem em ascensão, com vitórias contundentes sobre Vasco e Cruzeiro.

Agora, o Quadricolor, comandado pelo técnico Waguinho Dias, tem apenas mais dois jogos pela frente.

Agenda

Na sexta (19), recebe o Operário de Ponta Grossa, a partir das 19h, no estádio Augusto Bauer, um adversário que tem quatro pontos a mais e ainda corre risco.

Depois, na última rodada, visita o já eliminado Sampaio Corrêa. Se vencer os dois jogos, escapa.

No entanto, se não conseguir vencer ao menos um desses jogos, pode entrar na zona de degola.

Por fora, o clube ainda aguarda o julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), onde o clube tem um recurso para tentar recuperar os três pontos perdidos no episódio de racismo do presidente do Conselho Deliberativo do clube.

Se conseguir, vai a 44 pontos e ficará dependendo de apenas uma vitória para escapar da degola. No entanto, enquanto isso não acontece, o time foca nos dois últimos jogos.

Foguinho

Enquanto isso, em campo, os jogadores tentam aproveitar as oportunidades, como Foguinho, que teve boa atuação contra o CRB.

“Fico feliz de ter ganhado mais uma oportunidade de estar jogando, o professor tem me passado essa confiança e eu estou tentando retribuir ao máximo dentro de campo’, disse em entrevista à TV Brusque.

“Fico feliz pela casa estar cheia e o torcedor abraçou o time nesse objetivo da permanecia da Série B e espera que na sexta-feira também a gente repita essa atuação e que o torcedor compareça e nos ajude também a permanecer na Série B”, afirmou o atleta.

Ele também lembrou o bom tratamento recebido desde a chegada ao clube catarinense.

“Sempre, desde o primeiro dia, fui muito bem acolhido aqui na cidade, que também é muito boa, pessoal muito receptivo, tenho gostado da experiência, o grupo é bom, é forte e está todo mundo focado em se manter na Série B, que é o objetivo do clube neste ano”, finalizou Foguinho.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp