16/10/2021 às 10h17min - Atualizada em 16/10/2021 às 10h17min

Déficit de atenção não impede Dherick de se destacar no Programa Bairro Educador da Prefeitura de Florianópolis

Da Redação
Arquivo SME
“Professor. Meu filho tem déficit de atenção, dificuldade de leitura, na fala. Por isso peço que tenha paciência com ele”. Preocupada, a recomendação foi feita por uma mãe ao professor Antonio Prado, que ministra a oficina de Empreendedorismo em Comunicação no Morro do Mocotó, pelo Programa Bairro Educador. O programa é da Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Educação.

A mãe, Marilene Costa, cuidadora de idosos, acabara de matricular o filho Dherick Souza Martins, 13 anos, na oficina, com objetivo de melhorar a comunicação do garoto.

Quinze dias após o diálogo, um orgulhoso Dherick cruzava a porta da secretaria do Centro de Convivência do Morro do Mocotó – onde são ministradas as oficinas do Bairro Educador – para assistir à sua primeira matéria televisa para o telejornal de comunicação, a ser veiculada no Youtube.

A produção textual da matéria fora dele e com direito de aparecer na tela. Estava nervoso. Em sua mente ainda estavam frescas as sucessivas falhas nas gravações tão comuns aos jornalistas de vídeo.

“Ufa! Consegui”

Após os dois minutos de exibição da matéria jornalística no computador do professor sobre a reforma do Centro de Convivência, Dherick desabafou: “Ufa! Consegui”. Em seguida, um mar de mãos dos colaboradores do Bairro Educador o abraçou dando-lhe vivas e os parabéns ao novo repórter. Emocionado o menino agradeceu.

 “Além de empreendedorismo em comunicação eu também faço a oficina de grafite e eu gosto muito das duas, pois eu quero ser especialista nelas, juntar as duas para que eu possa criar uma coisa grande e incrível. Para poder mostrar para todo mundo a minha arte, meu grafite por meio de vídeos. Com as oficinas, eu estou aprendendo e aperfeiçoando meus estudos”, disse Dherick.

Educação transformadora

Ele é muito esforçado, observa o professor Prado “Às vezes impaciente com os erros, mas mostra potencial em aprender”. Da primeira produção textual, da primeira tomada de vídeo para o momento atual, Prado percebi que o Dherick evoluiu. “E isso, para nós, professores do Programa Bairro Educador, é muito importante”.

O exemplo de Dherick, salienta o secretário de Educação de Florianópolis, atesta que a educação é transformadora. “Quando se tem vontade e oportunidades em aprender, mesmo que os obstáculos pareçam intransponíveis, nós conseguimos avançar”, complementa Maurício Fernandes Pereira.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp