31/08/2021 às 21h17min - Atualizada em 31/08/2021 às 21h17min

Brusque tem patrocínio suspenso após acusação de racismo

Marcos Eduardo Carvalho
Reprodução
O Brusque começa a sentir no bolso as consequências da acusação de racismo por parte do jogador Celsinho, do Londrina, durante o jogo do último sábado (28), pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Nesta terça-feira (31), um dos patrocinadores do clube, a Barba de Respeito, anunciou que está suspendendo o pagamento ao Quadricolor até que o clube tome o que chama de “posição justa” com relação aos responsáveis pelos atos de injúria durante a partida.

Outra patrocinadora do clube, a Embrast, também poderá tomar o mesmo caminho, embora ainda não tenha rompido com o clube.

Por sua vez, o Brusque, inicialmente, acusou o jogador de fazer uma falsa acusação, mas no dia seguinte emitiu outra nota oficial, desta vez se desculpando com o jogador.

As notas

A seguir, veja a nota oficial da Barba de Respeito:

“Como é de conhecimento de todos, a Barba de Respeito é uma das patrocinadoras do Brusque Futebol Clube. Por meio desta nota, a empresa vem a público informar que não apoia de maneira alguma o episódio de racismo ocorrido na última partida contra o jogador Celsinho, do Londrina, tão pouco a fatídica nota publicada pelo clube.
Sempre pregamos que a palavra “Respeito”, estampada em nossa marca, tem um propósito único de promover igualdade. E acreditamos que não há qualquer espaço em nossa sociedade para atitudes irresponsáveis como essa. Esperamos que o responsável seja identificado e que providências sejam tomadas.

Enquanto não houver uma posição justa do time em relação aos responsáveis diretos pelas injúrias realizadas e o autor da nota inicial, informamos a suspensão do nosso patrocínio ao Brusque Futebol Clube.

Agradecemos a compreensão de todos”.


A Embrast também emitiu nota oficial:

"A Embrast vem a público manifestar em relação ao ocorrido durante o jogo realizado no último dia (28/08) entre Brusque FC e Londrina.

Cabe registrar que a Embrast não compactua com qualquer tipo de falta de respeito, discriminação ou violação de direitos. O ocorrido será devidamente apurado e a Embrast tomará as medidas cabíveis.

Nós da Embrast, acreditamos que o esporte é uma junção de fraternidade e respeito mútuo, tanto por parte do torcedor quanto dos jogadores, acreditamos em uma sociedade igualitária, e nunca deixaremos de combater ações que violem nossos princípios e valores".

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp