30/08/2021 às 09h10min - Atualizada em 30/08/2021 às 09h10min

Apan Blumenau comemora desempenho em jogos como a seleção colombiana

Da Redação
Raphael Guilherme Moser @mussehc/Assessoria de Imprensa da APAN/Informe Comunicação
A Apan Blumenau fechou o Desafio Internacional Apan/Eleva 2021 com quatro vitórias sobre a Seleção da Colômbia. Mas, o mais importante que os resultados foi a possibilidade de dar ritmo de jogo e buscar o entrosamento de um elenco bem renovado para temporada 2021-22, com oito reforços, quatro atletas remanescentes e dois oriundos das categorias de base.

Dos quatro jogos disputados, três foram em formato de jogo-treino. No sábado, a confronto foi para valer, com a estreia dos uniformes oficiais para temporada, produzidos pela Promo Sports. Na quinta-feira, no primeiro jogo-treino, a APAN/Eleva/Educacoin venceu os quatro sets previamente acordados entre os dois times, com parciais de 25/14, 25/14, 25/21 e 25/22.

Já na sexta-feira, a disputa teve mais equilíbrio, sendo decidida no tiebreak: 3 a 2 para o time blumenauense, com parciais de 25/27, 27/25, 25/23, 20/25 e 17/15. O mesmo placar se repetiu no domingo, no encerramento da série. Mais um 3 a 2 para os donos da casa (22/25, 21/25, 25/21, 25/20 e 16/14).

No confronto oficial de sábado, a APAN/Eleva/Educacoin venceu por 3 a 0. Parciais de 25/21, 25/22 e 25/18. O oposto Lucas Borges foi escolhido o melhor jogador do time em quadra.

Donegá avalia evolução

São quase dois meses treinando. Uma pré-temporada onde a parte física foi priorizada, especialmente nas quatro primeiras semanas. O técnico André Donegá destacou a possibilidade dos atletas poder se conhecer dentro de quadra, ganhando entrosamento e corpo para as competições previstas nesta temporada. “As vitórias nos deixam otimistas. Temos vários talentos e características interessantes. O grupo soube sair de momentos de dificuldade e encontrar soluções técnicas e táticas para virar a situação”, elogiou o comandante.

O grupo ainda precisa evoluir em todos os fundamentos, na análise do técnico. Ter um saque mais regular é um deles. O ataque e o bloqueio ainda estão longe do ideal. “Mas é natural. Vai crescer naturalmente junto com a condição física”, explicou Donegá.

Com o término de mais um ciclo de trabalho, o grupo ganhou três dias de descanso. O retorno será de recuperação e logo em seguida volta a focar em trabalhos físicos e técnicos. Falta pouco mais de um mês para estreia em competições oficiais. O Estadual será o primeiro do calendário.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp