04/11/2020 às 13h22min - Atualizada em 04/11/2020 às 13h22min

Grande Florianópolis volta para a classificação de 'risco gravíssimo' por causa do novo coronavírus

Da Redação
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina divulgou nesta quarta-feira, 4, os dados da Matriz de Risco Potencial e a região da Grande Florianópolis foi reclassificada para o risco Gravíssimo (cor vermelha), outras 11 regiões encontram-se em estado Grave (cor laranja) e quatro em Alto (cor amarela).

A Grande Florianópolis abrange 22 municípios e a nova classificação afeta aproximadamente 1,2 milhão de pessoas. Desde o dia 15 de setembro, Santa Catarina não possuía região em estado gravíssimo.

Na última semana, Santa Catarina registrou 13.924 novos casos e 80 mortes em decorrência da Covid-19.

A matriz traz alertas específicos. Na taxa de ocorrência de óbitos, estão em alerta a regiões Extremo Oeste, Grande Florianópolis e a Serra Catarinense. Com relação à transmissibilidade as regiões em estado de atenção são o Extremo Sul, a Serra Catarinense, o Médio Vale do Itajaí, a Foz do Rio Itajaí, Laguna, Carbonífera e Nordeste.

Existe ainda a preocupação com um possível colapso da rede de saúde, pública e privada, já que muitos hospitais estão com quase 100% dos seus leitos ocupados.

Durante o feriado prolongado de Finados, muitas pessoas se aglomeraram nas praias e permaneceram nas faixas de areia, o que é proibido no momento.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp