27/08/2021 às 11h27min - Atualizada em 27/08/2021 às 11h27min

Oficina de artes de Biguaçu aposta em 'novo olhar' da cultura da cidade

Da Redação
Fernando Mendes/PMB
“Um novo olhar e momento da cultura em Biguaçu”: assim foi definida a Oficina das Artes, projeto da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer da cidade. O espaço inaugurado na terça-feira, 24 de agosto, contemplará cursos de artes visuais, música, teatro e dança, oferecidos gratuitamente à população biguaçuense.

 De acordo com o secretário, Davi Oliveira, “muito se falava em projetos culturais, mas nós identificamos que faltava a organização e estruturação para que houvesse a implantação de um serviço de qualidade que fosse realmente capaz de abranger um número maior de atividades e alunos, oferecendo uma estrutura adequada para o desenvolvimento do trabalho dos nossos mestres”.

O ambiente alocado na sede do Centro Administrativo Municipal - Polo Jardim Carandaí conta com cinco salas, devidamente preparadas para receber os cerca de 400 alunos de todas as idades, nos turnos da manhã, tarde e noite. São três estúdios de música, um para dança e teatro e um para a prática de artes visuais, reformados e readequados para melhor atender os matriculados.

As modalidades ofertadas serão:

- Canto, ministrado pela professora Renata Ferrari;
- Dança, ministrada pela professora Amanda Rodrigues de Almeida;
- Violão e coral, ministradas pelo professor Patrick Antunes;
- Violino e viola, ministradas pelo professor Heitor Elias Rosa;
- Trompete, ministrada pelo professor Jean Carlos;
- Bateria e percussão, ministradas pelo professor Narcizo Farias;
- Clarinete e saxofone, ministradas pelo professor Ricardo Ferreira;
- Trombone, ministrada pelo professor Artur Fernandes; 
- Violoncelo, ministrada pelo professor Rafael Buratto;
- Violão e musicalização infantil, ministradas pelo professor Lucas D.;
-  Violão e orquestra, ministrada pelo professor João Medeiros;
- Teatro e artes visuais, que se encontram em processo licitatório.

As inscrições para as atividades serão abertas gradualmente, conforme aconteceu com a Escola de Música, que teve o formulário de matrícula disponibilizado no site da Prefeitura e divulgação nas páginas oficiais.

O maestro e coordenador da Escola de Música, Lincoln Thiego, destacou a importância dessa ação para a população do município. “Biguaçu hoje se destaca no que se refere a políticas pública de fomento à prática artística. São projetos como esse que de fato contribuem para a transformação da realidade social”.

 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp