22/08/2021 às 21h52min - Atualizada em 22/08/2021 às 21h52min

Em noite de 'pane' do VAR e do time, Brusque perde para a Ponte Preta e se complica na Série B

Marcos Eduardo Carvalho
ÁlvaroJr/PontePress
O Brusque completou cinco jogos sem vencer ao levar 3 a 0 da Ponte Preta na noite deste domingo (22), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Jerson Testoni, está em 13º lugar, com 25 pontos, apenas seis à frente da zona de rebaixamento. É também o maior jejum de vitórias do time na competição.

Por sua vez, o time paulista, sob comando do técnico Gilson Kleina, foi a 22 pontos e está agora com três pontos de vantagem para a zona de degola.

Agora, na próxima rodada, o Quadricolor volta a jogar no outro sábado (28), a partir das 18h45, quando recebe o Londrina, no estádio Augusto Bauer, em Brusque, pela 21ª rodada da competição nacional.

Enquanto isso, a Macaca visita o Vasco no próximo domingo (29), a partir das 16h, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

O JOGO.

Em campo, a primeira chegada foi do Brusque, com o volante Diego Mathias, que chutou fraco e o goleiro Ivan defendeu com tranquilidade.

No entanto, em seguida, aos 6min, a Ponte Preta chegou com bastante perigo e quase abriu o placar quando zagueiro Cleyton desviou de cabeça e mandou na trave.

Depois disso, o jogo ficou mais equilibrado e travado, com poucas chances de gols para os dois lados. O Brusque se defendia bem.

Assim, a primeira boa chegada do Brusque veio aos 20min, com Garcez, que chutou forte e o goleiro da Ponte fez grande defesa.

Porém, o time da casa também foi ao ataque e abriu o placar aos 26min, com Rodrigão, de cabeça, após cobrança de escanteio.

Depois, o Brusque foi para cima, mas quando estava crescendo no jogo acabou levando o segundo gol, aos 37min, com Fessin, que mandou para o gol, em rebote: 2 a 0.

SEGUNDO TEMPO.

Após o intervalo, o Brusque voltou com mais volume de jogo e quase descontou aos 5min, quando Rodolfo Potiguar finalizou e o goleiro Ivan fez uma grande defesa, evitando o gol.

Em seguida, aos 9min, Garcez cabeceou na trave e, na sobra, Thiago Alagoano completou e obrigou o goleiro a fazer boa defesa.

Depois, o time catarinense não conseguiu mais manter o mesmo ritmo e ia ficando mais longe de buscar uma reação.

Para piorar, o VAR (árbitro de vídeo), parou de funcionar e, aos 29min, o árbitro marcou pênalti para a Ponte Preta em falta que na verdade teria sido fora da área.

Assim, na cobrança da penalidade, Moisés marcou o terceiro gol do time da casa: 3 a 0.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp