22/08/2021 às 08h12min - Atualizada em 22/08/2021 às 08h12min

'A Chape foi prejudicada de forma escancarada', diz clube em nota nas redes sociais

Marcos Eduardo Carvalho
ACG
O empate sofrido nos acréscimos pela Chapecoense contra o Atlético Goianiense na tarde deste sábado (21), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, virou motivo de revolta pelo time catarinense no Campeonato Brasileiro.

Isso porque, além de continuar sem vencer após 17 rodadas já disputadas, a equipe ainda reclamou bastante do pênalti marcado para os donos da casa nos acréscimos, com o auxílio do VAR (árbitro de vídeo).

De acordo com o clube de Santa Catarina, a jogada foi normal, não houve toque no braço e a arbitragem teria errado na marcação.

Inclusive o técnico Pintado acabou expulso antes da cobrança, por reclamação, e agora vai ficar de fora do time na próxima rodada.

Em 17 jogos, o Verdão do Oeste soma apenas 6 pontos e está afundado na lanterna.

Além disso, alcança um triste recorde de clube que ficou mais tempo sem vencer no início da competição nacional.
Até então, a marca era de outro time catarinense, o Avaí, que em 2019 só venceu a primeira na 17ª rodada e, no final, acabou rebaixada.

Assim, após o resultado em Goiânia, a diretoria da Chapecoense publicou uma carta aberta em suas redes sociais, reclamando da atuação da arbitragem.
 
Abaixo, a nota oficial na íntegra:

 
“A Associação Chapecoense Futebol sempre entendeu e defendeu a máxima de que partidas se decidem dentro de campo e, justamente por isso, sempre evitou procurar em fatores alheios ao futebol justificativas para resultados adversos.

Neste momento, no entanto, o clube - através da sua diretoria - entende a importância de se manifestar a respeito das atuações da arbitragem, de campo e de vídeo, nas suas duas últimas partidas - no dia 16 de agosto, contra o América-MG, e neste sábado (21), contra o Atlético-GO. Nas referidas situações, a Chape esteve perto de conquistar as vitórias - tão importantes para as pretensões na competição - mas foi prejudicada, de forma escancarada, por erros dos árbitros.

Apesar do momento difícil, o clube tem trabalhado de forma incansável para dar a volta por cima. É inconcebível, portanto, que esse trabalho seja afetado por falhas de profissionais que, no momento das decisões, tenham demonstrado inexperiência e despreparo. Por conta disso, o clube protocolará, junto à CBF e à sua Comissão de Arbitragem, uma reclamação formal.

Todo o futebol perde quando a arbitragem erra”.
 

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp