03/11/2020 às 06h00min - Atualizada em 03/11/2020 às 06h00min

Apesar da pandemia, intenção de investimento na indústria catarinense é a maior da história, diz Fiesc

Marcos Eduardo Carvalho
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
Santa Catarina vai, aos poucos, tentando se recuperar da pandemia do novo coronavírus. Ao menos, na economia. Já que os casos da doença ainda estão alto e ameaçam colapsar o sistema de saúde em algumas regiões, como a Grande Florianópolis.

A intenção de investimento no setor industrial do estado cresceu e chegou a 73,2 pontos em setembro, dentro de uma escala de zero a 100. Os dados foram divulgados nesta última semana pelo Observatório Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). De acordo com a entidade, o resultado é o maior da série histórica, iniciada em setembro de 2013.

A média catarinense também supera a média do país, que atualmente é de 57,2 pontos. “Após um período de redução nos fatores de produção, as medidas econômicas voltadas para amenizar o impacto econômico, causado pelo coronavírus, estimularam a demanda em diferentes setores dentro da cadeia produtiva. Por essa razão, e também em decorrência da redução da capacidade em atender à demanda atual, potencializada pelo real desvalorizado e pela dificuldade de acesso a insumos, é observada desestabilização no nível de preços entre as cadeias produtivas”, diz o Observatório.

Ainda de acordo com o levantamento, o Observatório do Fiesc destaca a queda nos estoques de produtos finais. “O cenário corrobora com o contexto atual de aumento no nível de preços e dificuldade no acesso aos insumos e matérias-primas. Após um período de aumento nos estoques entre os meses de março e abril, a indústria se readequou às expectativas de uma menor demanda, destaca a publicação do Observatório, ressaltando que o retorno abrupto da demanda, estimulada pelas medidas de amenização da crise econômica, provocou um descompasso entre o estoque planejado e a demanda atual”, afirma a entidade, em seu site oficial.
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp