30/10/2020 às 19h09min - Atualizada em 31/10/2020 às 08h58min

3 tendências que marcaram presença na Semana de Moda de Paris Primavera/Verão 2021

Como sempre, as Semanas de Moda ao redor do mundo trazem novas tendências e discutem o momento atual

SALA DA NOTÍCIA Débora Ramos
divulgação

As Semanas de Moda pelo mundo fazem parte da lista de eventos mais importantes do universo da moda, ditando as principais tendências para cada estação, destacando novas modelagens, cores e padrões, além de colaborar para dar mais visibilidade a diversas questões sociais, que nem sempre encontram espaço nesse nicho. 

O calendário de desfiles de Primavera/Verão 2021 já começou, e, entre o final de setembro e começo de outubro, aconteceu a Paris Fashion Week, evento realizado semestralmente em Paris. Normalmente, o circuito se dá no mês de setembro até o começo de outubro. Neste ano, entretanto, os desfiles se estenderam até metade deste mês, principalmente por conta da pandemia, que exigiu uma reestruturação no calendário. Os vários desfiles das diferentes marcas que se apresentaram durante a Semana de Moda de Paris já deixaram claro algumas das apostas de tendências para as próximas estações, que podem aparecer nas vitrines das lojas nos próximos meses. Confira três tendências que tiveram espaço no evento.

Armadura moderna

Uma das tendências mais comentadas e que apareceu em desfiles de diferentes marcas foi a concepção de uma espécie de armadura moderna, reinventando a proteção clássica e criando uma versão mais leve e com novo significado. As simbologias por trás desta tendência são variadas. Uma das possíveis leituras é o momento em que o planeta vive, com uma pandemia que exigiu novos cuidados de segurança e saúde. Outra leitura válida para explicar a proporção expansiva das peças é o crescimento do lugar que a mulher ocupa no mundo, não mais se restringindo aos “pequenos espaços”.

Essa tendência apareceu na forma de peças bufantes, que exigem maior espaço à sua volta para mostrar sua real beleza, como mostrado no desfile da marca Patou. Outra versão surgiu no desfile da Hermès, com uma armadura de tecido vazado que lembrou uma “rede”, criando uma composição com texturas diferentes.

Estilo íntimo

O uso das lingeries como um dos elementos principais do look, com a inclusão de peças como sutiãs, bodys e corsets nas produções, já faz parte da moda há algum tempo. Na nova temporada, entretanto, essa tendência aparece em uma versão evoluída, com referências à lingerie parisiense clássica, de caimento leve, apesar de ser um pouco mais estruturada do que o famoso slip dress. A escolha de tecidos também é outro ponto de destaque, garantindo peças com fluidez, como as de Paco Rabanne, passando pela inspiração clássica, em Kwaidan Editions, ou até em versões quase teatrais, como nas peças de Olivier Theyskens.

Alfaiataria atual

Até mesmo a tradicional “roupa de escritório”, que tem passado por um processo de desconstrução, apareceu no evento, renovando uma tendência que já se encontra em alta. The Row, Tory Burch e Alexandre Vauthier foram alguns dos nomes que trouxeram novidades às peças deste nicho, com um viés que alternava entre o moderno e o casual, apostando em modelagens largas e oversized, materiais e texturas naturais e até mesmo em versões sem gênero, com peças que poderiam aparecer no guarda-roupa de mulheres e homens.




 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp