27/07/2021 às 21h41min - Atualizada em 27/07/2021 às 21h41min

​Boletim do Necat detecta queda consistente no número de mortes por Covid-19 em julho

Da Redação
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
O Boletim Covid-19 em SC número 63, publicado nesta segunda-feira, 26 de julho, pelo Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat), traz a informação de que os óbitos pela Covid-19 no Estado apresentaram quedas consistentes no mês de julho de 2021. No entanto, de acordo com o boletim, os níveis de contaminação pela doença permanecem em patamares elevados na comparação com outros períodos da pandemia.

O Necat analisou os números da pandemia na semana compreendida entre os dias 16 e 23 de julho, período em que Santa Catarina registrou 12.079 novos casos e mais 206 óbitos. Com isso, mais de 1 milhão e 100 mil pessoas já foram contaminadas no Estado e 17.726 delas perderam suas vidas.

"Em função disso, SC se manteve no 2º lugar no ranking nacional dentre os estados com o maior número de registros da doença a cada 100 mil habitantes e, em termos absolutos, o 6º estado como maior número de casos e o 10º estado com maior número de óbitos”.

Com isso, o coeficiente de incidência da doença em Santa Catarina, a cada 100 mil habitantes, é 1,65 vezes o coeficiente verificado no Brasil e 3,27 vezes maior que o índice do estado em melhor situação, o Maranhão.

A média semanal móvel de novos casos apresentou uma redução de 25% em relação aos últimos 14 dias. Porém, a média de 1.726 novos casos diários ainda pode ser considerada muito alta se comparada ao mês de setembro de 2020, quando ficou em torno de 900 casos diários.

Em relação ao número de óbitos, a média semanal móvel apresentou uma queda de 33% em comparação com os últimos 14 dias, com o registro de 29 óbitos diários no Estado. “Em síntese, o cenário atual representado pelo comportamento do conjunto dos indicadores acima mencionados revela que a pandemia ainda continua em uma situação grave no estado de Santa Catarina”, conclui o boletim, que é assinado pelo coordenador geral do Necat, professor Lauro Mattei.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp