26/07/2021 às 10h10min - Atualizada em 26/07/2021 às 11h20min

Como estimular crianças a largar o mundo digital?

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

As crianças atualmente estão frequentemente conectadas ao mundo digital. Afinal, a todo tempo, estão com smartphones e tablets nas mãos. Mas, será que é possível estimular crianças a largar o mundo digital? 

Aliás, será que é importante estimular crianças a saírem do mundo digital e terem atividades ao ar livre ou com outras crianças? Veja porque é sim! 

  1. Por que as crianças estão cada vez mais conectadas? 

Atualmente, cerca de 90% das crianças e adolescentes, entre 9 e 17 anos de idade, têm acesso frequente à internet. 

De fato, hoje vivemos em um  mundo em que trabalhamos, pedimos comida, fazemos compras usando as plataformas digitais. Pesquisas não são mais feitas indo às bibliotecas ou procurando respostas em enciclopédias. Acha-se tudo que se deseja pelo Google. 

A forma de se educar também mudou, visto que há escolas e aplicativos que auxiliam, inclusive, no processo de alfabetização dos pequenos. 

Há novas carreiras, baseadas em marketing digital e o trabalho em home office também explodiu durante a pandemia. Assim, até quem não era muito íntimo do mundo virtual, passou a ter que participar de reuniões online e saber trabalhar remotamente. 

Portanto, é difícil conceber uma família em que pais e mães também não tem acesso frequente à internet. 

Com a pandemia do coronavírus e o isolamento social, foi necessário depender ainda mais das plataformas digitais e da internet para inclusive manter o acesso à educação, com as aulas remotas. 

Mas, isso não quer dizer que as crianças tenham que ficar muitas horas conectadas ou com acesso durante longos períodos à internet. 

  1. Como estimular crianças a deixar o mundo digital um pouco de lado? 

Tudo na vida é equilíbrio. Já foi explicado que no mundo atual, o convívio com smartphones e tablets passou a ser rotina para muitos. 

Dessa forma, simplesmente virar e impedir seu filho (a) de ter acesso a esses dispositivos não é a melhor forma de se lidar com a questão. 

É importante, desde cedo, a criança entender que a diversão não vem somente do mundo virtual. Ela pode ser bastante real, sem usar a tecnologia. 

Claro que ela ainda vai gostar de jogar uma partida de videogame com os amigos. Mas, isso não quer dizer que essa tenha que ser a única maneira dela se divertir. 

Veja algumas dicas para que seu filho tenha distração, fora do mundo virtual. 

  1. 1 – Permita a prática de esportes ao ar livre 

Bater uma bola, jogar basquete, andar de bicicleta ou de patins. São ótimas atividades que gastam energia e farão seu filho (a) se divertir. 

Além disso, no caso dos esportes como futebol ou basquete, seu filho (a) terá que interagir com outras crianças, o que ajuda no convívio social. 

E aí que entra o papel do pai/mãe: leve seu filho para brincar ao ar livre, frequentemente. Seja em uma praça ou parque, ou mesmo no próprio prédio onde vive. 

Combine com ele quais dias vocês farão isso e você verá como ele/ela esperará ansiosamente por esse momento. 

  1. 2 – Refeições em família, sem celular 

Essa é uma regra básica: na hora da refeição, nada de celular. 

É importante que os pequenos desde cedo percebam que a hora da refeição é um importante momento de convivência em família e que a atenção deve estar na alimentação em si. 

Comer olhando para a tela do celular faz com que a criança não preste atenção no alimento, provavelmente contribuindo para que coma mais do que necessário. 

Claro que no começo vai haver resmungos, afinal, muitos já estão acostumados a comerem olhando para a tela do celular. Porém com o tempo, isso tende a melhorar. 

  1. 3 – Ofereça opções de diversão 

Que tal seus filhos aprenderem a jogar buraco? Jogos de cartas podem ser boas opções para diversão em família, sem usar nenhum dispositivo eletrônico. 

Há diversas opções de jogos que podem ser utilizados em família e não somente usando cartas de baralho. 

Outra opção é apostar em brinquedos educativos, que estimulam a atenção, o raciocínio lógico e a aprendizagem. 

  1. 4 – Faça os pequenos participarem de atividades rotineiras 

É importante que os filhos (as) participem das atividades rotineiras da casa. 

Assim, que tal colocar os pequenos para te auxiliar no preparo do jantar? Eles podem lavar os legumes, por exemplo. 

Ou ainda podem ajudar arrumando a mesa. 

Atividades assim farão com que os pequenos participem, se sentindo úteis e parte do processo. E os manterão mais distantes da tela do celular. 

  1. 5 – Leitura de livros 

A última dica vale principalmente para os pequenos. Ler livros é sempre um ótimo hábito, que deve ser estimulado desde bem jovem. 

Se a criança ainda não sabe ler, você pode ler para ele/ela. E se já sabe, pergunte sobre o livro, o que está acontecendo no enredo. 

Demonstrando interesse, certamente a criança ficará entusiasmada em ler mais e outras histórias a seguir. 

Usando essas táticas, você conseguirá achar um equilíbrio entre o uso de dispositivos digitais e o convívio familiar, tão importante no crescimento infantil. 


 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp