15/06/2021 às 00h00min - Atualizada em 15/06/2021 às 00h00min

Doações de sangue garantem média de 400 transfusões por mês no Hospital Universitário

Da Redação
Divulgação
No mês dedicado à doação de sangue, chamado de Junho Vermelho, profissionais do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) ressaltam a importância deste ato e lembram os benefícios que cada doador pode trazer para os pacientes. Cada doação pode ajudar a salvar até quatro pessoas e, no HU, isso representa uma média de 400 transfusões por mês.

Nestas transfusões, de 120 a 150 pacientes recebem mensalmente concentrados de hemácias, plasma, concentrado de plaquetas e crioprecipitados, que são os produtos da doação de sangue, segundo a enfermeira da Agência Transfusional do HU, Daiana de Mattia, que reforçou a importância das doações para garantir o atendimento a estes pacientes.

Segundo ela, a Agência Transfusional do HU atende principalmente pacientes internados na UTI, que chegam pela Emergência, da Clínica Médica II e de praticamente todas as unidades de internação. Na prática, são atendidos, por exemplo, pessoas com doenças oncohematológicas, pacientes que precisam de transfusão intrauterina, recém-nascidos, pacientes do transplante hepático, de cirurgias e do Centro Obstétrico, pacientes internados com doenças crônicas que precisam de transfusão, pacientes com hemorragia digestiva, além pacientes da hemodiálise.

O HU não faz captação de sangue, portanto as doações devem ser feitas no Hemocentro mediante agendamento no site do Hemosc. Os pacientes do hospital são usuários destas doações e, de acordo com Daiana de Mattia, há todo um planejamento logístico para que o HU tenha em estoque o que vai utilizar de fato, evitando descartes desnecessários.

A coordenadora médica da Unidade de Hemoterapia do HU, Andréa Thives de Carvalho Hoepers, explicou que, nesta condição, o HU recebe hemocomponentes (hemácias, plaquetas, plasma e crioprecipitado) e hemoderivados (fatores de coagulação para pacientes hemofílicos por exemplo) do Hemosc.

Segundo ela, cada doador de sangue pode ajudar de três a quatro pessoas em cada doação, sendo que no processo são retirados de 400 a 450ml, dependendo do peso do doador. Homens podem fazer até quatro doações por ano e mulheres, até três. É preciso respeitar um intervalo entre cada doação.

A médica lembrou que o doador pode fazer a doação de sangue ou optar também pela doação por aférese, que é importante para obter plaquetas para os pacientes da oncohematologia e do transplante. Esta opção de doação também é feita no site do Hemosc, no ato do agendamento.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp