28/03/2024 às 14h46min - Atualizada em 30/03/2024 às 00h00min

Projeto pioneiro leva cordeiros e ovelhas à ala pediátrica

Objetivo das visitas é estimular a socialização entre profissionais da saúde, pacientes e familiares, por meio do contato com animais dóceis

Assessoria de Imprensa UniCesumar
Divulgação UniCesumar


A terapia assistida por animais já é uma prática conhecida e respeitada em hospitais, sobretudo pelos benefícios trazidos aos pacientes internados e aos familiares que acompanham, bem como aos funcionários do local. Isso porque o contato com animais em condições sanitárias adequadas (e acompanhados por médicos veterinários especializados) auxilia na redução da ansiedade, do estresse e possibilita maior motivação, uma vez que a interação humana com animais libera dopamina – neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e felicidade. Esses fatores contribuem diretamente no tratamento e na melhora do quadro clínico do paciente.

Pensando em levar o conhecimento produzido dentro da universidade, a coordenação do curso de Medicina Veterinária da UniCesumar em Curitiba aceitou o desafio e adaptou o projeto “InspiraCão”, que leva cães saudáveis a escolas, asilos e empresas, para o pioneiro “Projeto InspiraSheep”, que, agora, passa a levar cordeiros e ovelhas em fase jovem para crianças e adultos em hospitais de Curitiba, em parceria com o Projeto Amigo Bicho, ONG que já atua na cidade. O projeto é conduzido pelo Grupo de Estudos de Equinos e Ruminantes (GEER), composto por alunos e professores da instituição.

Além da interação com os pacientes, o objetivo das visitas é estimular a socialização entre profissionais da saúde, pacientes e familiares, por meio do contato com animais dóceis e que tenham boa convivência com humanos. Segundo a idealizadora da ação, professora Maria Christine Rizzon Cintra, médica veterinária responsável pelas ovelhas, os animais não oferecem nenhum risco de doenças para os seres humanos. “Como trabalho com ovinos e caprinos há muitos anos, verifiquei que alguns animais têm aptidão para estar perto do ser humano. Surgiu, então, a ideia de trazer as ovelhas. É uma atividade prazerosa para o humano e também para o animal que tem um comportamento muito dócil”, afirma.

Durante o segundo semestre de 2023, as ovelhas Côco, Marshmellow, Alecrim e Cookies visitaram alas pediátricas e UTI’s do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM) e Hospital Mackenzie, além de Instituições de Longa Permanência e Escolas para Adultos com deficiência. As visitas continuarão ao longo de 2024 e podem ser solicitadas junto à coordenação.

Projeto Milk Sheep

Há algum tempo, o curso de veterinária já realiza o Milk Sheep, junto ao Grupo de Estudos de Equinos e Ruminantes (GEER), que criou o projeto com o objetivo de arrecadar doações de leite, que serão destinadas a instituições carentes. Em determinadas ocasiões, adultos e até crianças podem passar um tempo com as ovelhinhas, tirar foto e até dar mamadeira. Para participar das ações, basta levar um litro de leite.A agenda de novas visitas será divulgada em fevereiro, com o retorno das aulas na instituição.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp