31/05/2021 às 16h40min - Atualizada em 31/05/2021 às 16h40min

Sem técnico e sem definição, capacidade da Chapecoense em se manter na elite é colocada em xeque

Marcos Eduardo Carvalho
Marcio Cunha/ACF
A derrota por 3 a 0 para o Red Bull Bragantino, dentro de casa, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, coloca em xeque a capacidade da Chapecoense em se manter na elite em seu ano de retorno.

Sem técnico desde a demissão de Mozart e com o interino Felipe Endres no cargo na primeira rodada, o clube ainda busca um novo treinador para a sequência da temporada. Até o nome de Luiz Felipe Scolari foi ventilado nos bastidores. Porém, até agora, nada de concreto.

A diretoria espera fechar com alguém o mais rápido possível. O fato é que, desde que Umberto Louzer saiu, trocando o Verdão pelo Sport, no final do primeiro turno do Campeonato Catarinense, o time não conseguiu mais se encontrar.

Passou sufoco no mata-mata e, nas finais, foi dominada pelo Avaí nas duas partidas, ficando com o vice-campeonato estadual.

Esta é a sétima vez que a Chapecoense disputa uma edição do Campeonato Brasileiro. E essa foi apenas a segunda derrota em uma rodada inicial. A outra havia sido em 2018, quando levou 5 a 1 fora de casa para o Atlético Paranaense.

Mas, em casa, a Chape jamais havia perdido na estreia. E, com uma atuação desastrosa contra o time do interior paulista, o torcedor já fica preocupado.

Abaixo, todas as estreias da Chapecoense desde 2014, quando jogou a elite nacional pela primeira vez:

2014 - chapecoense 0x0 Coritiba
2015 - Chapecoense 2x1 Paraná
2016 - Internacional 0x0 Chapecoense
2017 - Corinthians 1x1 Chapecoense
2018 - Atlético-PR 5x1 Chapecoense
2019 - Chapecoense 2x0 Internacional
2021 - Chapecoense 0x3 Bragantino

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp