01/03/2024 às 15h03min - Atualizada em 03/03/2024 às 16h01min

Brasil e outros países concedem patente para GELITA® EC, gelatina que transforma a produção e o consumo de cápsulas entéricas

Direito de propriedade reconhece o pioneirismo de solução que mantém ingredientes ativos intactos até a chegada ao intestino

2PRÓ
www.gelita.com
Divulgação - GELITA

A GELITA, líder em inovação e tecnologia no mercado de gelatina e colágeno, anuncia a obtenção de patente de alcance global para a GELITA® EC, solução inovadora para a produção de cápsulas moles para suplementos, medicamentos e vitaminas. O registro de direito de propriedade foi concedido no Brasil e em países da Europa (Bélgica, Suíça, Dinamarca, Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Holanda e Polônia), além de Estados Unidos, Coreia do Sul, China, Índia e Colômbia.

A GELITA® EC é uma gelatina entérica – isto é, ela dissolve somente no intestino, e não no estômago. Ela se destaca por permitir a produção de cápsulas moles entéricas em uma única etapa, eliminando a necessidade da aplicação de um revestimento adicional para manter os ativos intactos até a desejada liberação no trato intestinal. A inovação da GELITA foi a primeira solução comercialmente disponível no mercado em seu gênero.

“O processo tradicional de duas etapas acrescenta tempo e custos à produção das cápsulas entéricas. A GELITA® EC permite que os fabricantes criem cápsulas entéricas em uma única etapa, utilizando equipamentos existentes. Além disso, viabiliza a produção de cápsulas de elevada transparência, e não com a aparência opaca resultante dos revestimentos, que tende a ser menos atraente aos consumidores”, afirma Martin Junginger, gerente de categoria e do produto GELITA® EC, da área de Marketing & Inovação Global da unidade de negócios Performance Solutions da GELITA.

Benefícios de sustentabilidade
Na indústria de cápsulas moles, é habitual o uso de quantidades mais elevadas de ingredientes farmacêuticos ativos para compensar as perdas que ocorrem no trato gástrico. Além disso, muitas vezes a posologia das cápsulas é aumentada, ou as próprias cápsulas são “superdimensionadas” a fim de tentar proteger os ativos até a chegada ao intestino.

“Isso obviamente gera grandes desperdícios de recursos. Com GELITA® EC, contudo, os fabricantes podem otimizar o ajuste das dosagens e racionalizar o dimensionamento das embalagens. Isso não só reverte em economia como torna todo o processo de produção mais eficiente”, ressalta Junginger. “Por fim, o produto final é mais conveniente para o consumidor devido ao tamanho menor da cápsula ou à redução do número de cápsulas necessárias, o que leva a uma melhor aceitação”.

A produção de cápsulas entéricas em uma única etapa com GELITA® EC também minimiza as emissões de CO2 no transporte e nos processos de embalagem. Além disso, GELITA® EC é fabricada exclusivamente a partir de biopolímeros naturais, enquanto a camada de revestimento das cápsulas entéricas convencionais geralmente é feita de produtos sintéticos à base de óleo mineral.

Suporte em um mercado atraente 
A concessão da patente para a GELITA® EC é uma notícia que tende a fortalecer ainda mais o mercado global de gelatinas farmacêuticas para cápsulas moles. De acordo com dados da MarketsandMarkets, esse mercado movimentou aproximadamente US$ 215 milhões em 2022 e deve crescer a uma taxa anual composta (CAGR) de 6,1% até 2028.

“Nesse cenário é importante destacar que a GELITA não apenas fabrica a GELITA® EC, mas também pode fornecer todo o apoio técnico em temas relacionados à aplicação, assuntos regulatórios, marketing e inovação, desde os requisitos iniciais de desenvolvimento até o produto final pronto para o mercado”, comenta Junginger.

Mais informações sobre GELITA® EC podem ser acessadas em https://www.gelita.com/en/products/gelatin/enteric_capsules.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp