27/02/2024 às 21h29min - Atualizada em 28/02/2024 às 00h00min

Micro e pequenas empresas crescem e movimentam a economia

Junto com novas oportunidades de emprego e aumento da demanda por produtos e serviços específicos para prestadores de serviços, é criado um mercado voltado para esse público

Kasane Comunicação Corporativa
Imagem Dvair Borges _crédito foto Fábio Lima
Primeiras a reagir em momentos de crise, as micro e pequenas empresas são fundamentais para manter a economia brasileira em atividade. E com um cenário otimista em que elas estão crescendo e, pelo terceiro ano consecutivo, foram as grandes protagonistas na geração de novos postos de trabalho no país, aumenta também a demanda por produtos e serviços específicos para prestadores de serviços. Assim, pequenos negócios entram no foco de grupos como o Fujioka, um dos maiores distribuidores de produtos de tecnologia e informática no país.

O modelo de negócio pioneiro aqui no Brasil é inspirado em grandes lojas estrangeiras, que oferece aos clientes com CNPJ a oportunidade de adquirir produtos a preços mais baixos, sem a necessidade de compra em grandes quantidades. “O Fujioka Distribuidor foi criado para atender às demandas específicas dos prestadores de serviço, que muitas vezes precisam de itens específicos para o seu trabalho e não encontram preços competitivos no varejo tradicional”, explica Dvair Borges, diretor comercial do Grupo Fujioka

Apesar se ser referência no varejo no Centro-Oeste, o Fujioka Distribuidor já representa 80% do faturamento da empresa e entrega em todo o país. “Para estimular o setor de distribuição, várias medidas econômicas poderiam ser consideradas, mas aqui a nossa aposta é aumentar a nossa rede de logística com os parceiros, assim como o nosso portfólio com marcas onde somos distribuidores exclusivos no Brasil”, conclui ele. A empresa entrega um serviço especializado em produtos de tecnologia e informática, tais como telefonia; informática; televisores, câmeras; projetores; cuidados pessoais; áudio e ar-condicionado.

A força das pequenas empresas
Um estudo feito pelo Sebrae usando dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) mostra que em 2023 as micro e pequenas empresas geraram 1,26 milhão de postos de trabalho, o que representa 71% do total de vagas criadas ano passado. Em entrevista à Agência Sebrae o presidente da instituição, Décio Lima, diz que o estudo comprova a importância fundamental que os pequenos negócios têm para a economia e para a população brasileira. “São o principal motor da nossa economia e responsáveis pela sobrevivência de 86,5 milhões de brasileiros, o que equivale a aproximadamente 40% da população do país”, comenta.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp