23/02/2024 às 15h34min - Atualizada em 24/02/2024 às 00h01min

Cibersegurança e análise de dados em tempo real: desafios e soluções no setor de óleo e gás

*Por Gustavo Koltz, gerente sênior de desenvolvimento de produtos da Viasat, INTELIE

Flávia Pereira Rangel
Viasat, INTELIE

A análise de dados em tempo real tem se tornado uma prática fundamental em diversos setores, desde a indústria de petróleo e gás até o setor financeiro. No entanto, com a crescente quantidade de informações sendo geradas e analisadas ​​a cada segundo, surgem desafios significativos em termos de segurança cibernética. Um dos principais obstáculos enfrentados é a proteção dos dados sensíveis durante esse processo crítico. As ameaças à segurança são diversas, incluindo ataques cibernéticos, interceptação de dados, acesso não autorizado e ameaças internas.

Um dos aspectos-chave na proteção dos dados sensíveis durante a avaliação em tempo real é a integração de soluções de segurança abrangentes. Isso inclui a implementação de um Centro de Operações de Segurança (SOC) dedicado, que oferece monitoramento contínuo, detecção de ameaças em tempo real e resposta a incidentes. Além disso, a conformidade com os padrões da indústria e regulamentos de proteção de dados, como GDPR e LGPD, desempenha um papel crucial na garantia da segurança dos dados.

Outro desafio significativo enfrentado pelas empresas é a integração de sistemas de Tecnologia da Informação (TI) e Operações de Tecnologia (OT) na indústria de petróleo e gás. Essa integração amplia a superfície de ataque e torna essencial a implementação de medidas adicionais de segurança, como criptografia, controle de acesso e monitoramento de logs. Além disso, a proteção de equipamentos legados e a consideração dos requisitos regulatórios específicos de cada país são aspectos essenciais a serem abordados na segurança da análise de dados em tempo real.

A cultura de segurança cibernética dentro das organizações desempenha um papel fundamental na proteção dos dados durante a análise em tempo real. O treinamento regular dos funcionários sobre as melhores práticas de segurança, reconhecimento de ameaças e procedimentos de resposta a incidentes é crucial para criar uma força de trabalho cibernética consciente e preparada. Além disso, a implementação de tecnologias avançadas, como detecção de anomalias baseada em inteligência artificial e autenticação multifatorial, pode fortalecer ainda mais as defesas contra ameaças cibernéticas.

É importante destacar que, embora a necessidade de acesso a dados em tempo real seja essencial para a tomada de decisões ágeis e informadas, isso não deve comprometer a segurança dos dados. As organizações devem adotar uma abordagem equilibrada, implementando medidas de proteção robustas sem comprometer a acessibilidade e a usabilidade dos dados. Isso envolve a implementação de práticas de segurança em camadas, monitoramento contínuo e testes regulares de segurança para garantir a eficácia das defesas cibernéticas.

Portanto, a cibersegurança na análise de dados em tempo real requer uma abordagem holística e proativa. As empresas devem estar preparadas para enfrentar uma variedade de ameaças em constante evolução, adotando tecnologias avançadas, promovendo uma cultura de segurança cibernética e mantendo-se atualizadas com os regulamentos e padrões da indústria. Ao priorizar a segurança dos dados, as corporações podem proteger seus ativos mais valiosos e manter a confiança dos clientes em um ambiente cada vez mais digitalizado e interconectado.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp