10/02/2024 às 00h00min - Atualizada em 10/02/2024 às 00h00min

Passarela terá local para denúncias e acolhimento durante desfile de Carnaval

Divulgação/PMF
A Coordenadoria Geral de Políticas Públicas para a Família e os Direitos Humanos da Prefeitura de Florianópolis, em parceria à Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf), terá ação inédita para o desfile da Passarela Nego Quirido, no sábado (dia 10/02): a sala “Carnaval sem Preconceitos”. O espaço será destinado para o registro de denúncias e acolhimento de vítimas de qualquer tipo de violência, com colaboração de profissionais do NATIV, núcleo especializado do Ministério Público de Santa Catarina. Além disso, um protocolo será lançado para garantir os encaminhamentos junto aos órgãos responsáveis, como a Guarda Municipal e Polícia Militar.

“Violências de cunho racista, LGBTfóbica, capacitista, assédio e importunação sexual não serão toleradas neste Carnaval. É preciso respeitar sempre, na folia ou em qualquer outra ocasião”, afirma Maria Cláudia Goulart, Coordenadora Geral de Políticas Públicas para a Família e os Direitos Humanos. Durante a época festiva, outras atividades educativas e de prevenção serão realizadas para a garantia de direitos de moradores e visitantes.

A ação faz parte da campanha “Carnaval sem Preconceitos” da Liesf, que pretende fortalecer a luta pela diversidade e inclusão. Para a gestão atual da Liga, “é preciso construir um novo tempo e afirmar que nosso carnaval não aceita mais atitudes e práticas excludentes”. Outros canais para denúncia podem ser acionados, como o site delegaciavirtual.sc.gov.br e o telefone 181.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp