08/02/2024 às 16h28min - Atualizada em 08/02/2024 às 20h01min

Como a decoração do quarto pode ajudar a diminuir a ansiedade?

Arquiteta fala sobre os elementos que podem ajudar a promover o bem-estar

Mariana Gontijo
Mariana Gontijo Couto - Arquiteta e Urbanista pela PUC Minas / Pós graduada em gestão de escritório pela PUC Minas / Especialista em projetos residenciais familiares – @criarq.im
Acervo Pessoal
 

Atualmente, muitas pessoas enfrentam o desafio do transtorno de ansiedade. Além de ser uma condição de saúde que interfere na rotina diária, lidar com ela nem sempre é uma tarefa simples. De acordo com dados da OMS, 26,8% dos brasileiros receberam diagnóstico médico de ansiedade nos últimos anos. Entretanto, é importante destacar que pequenas alterações na rotina diária ou no ambiente doméstico podem ser eficazes para aliviar ou controlar os sintomas.

 

A arquiteta Mariana Gontijo, ressalta que vivemos em uma época em que o transtorno de ansiedade é uma realidade para muitos, impactando significativamente a qualidade de vida. “Como arquiteta e designer, reconheço o papel crucial que o ambiente desempenha na promoção do bem-estar emocional. A ciência da neuroarquitetura nos revela que pequenas alterações no design de interiores podem ter impactos notáveis na saúde mental”, explica.

 

A escolha cuidadosa de cores é um ponto de partida fundamental. “O azul, por exemplo, associado à serenidade, pode ser uma escolha sábia para criar um ambiente tranquilo. A neurociência das cores sugere que tonalidades suaves e naturais têm o potencial de reduzir os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, contribuindo para a diminuição da ansiedade”, destaca.

 

Além disso, elementos de design, como iluminação adequada, disposição de móveis e a presença de elementos naturais, desempenham um papel crucial na criação de uma atmosfera relaxante em um quarto. A luz natural, por exemplo, está intrinsecamente ligada ao ritmo circadiano, influenciando positivamente o ciclo sono-vigília e, por conseguinte, a saúde mental.

 

Como promover a calma e a segurança?

 

Natureza terapêutica: ter plantas e flores em casa não apenas decora, mas também alivia o estresse e a ansiedade comprovadamente. A terapia verde proporcionada por uma pequena horta ou plantas ornamentais não só relaxa, mas também colore e alegra o ambiente;

 

Aromas que cuidam: a decoração vai além da visão, chegando ao olfato. A escolha de aromatizadores com fragrâncias refrescantes, acolhedoras ou tranquilizantes pode transformar a atmosfera. Os cheiros não apenas evocam memórias agradáveis, mas também têm o poder de aliviar o estresse e a ansiedade;

 

Toque pessoal: personalizar o ambiente com itens pessoais é uma injeção de energia positiva. Fotos de momentos especiais, lembranças de viagens e objetos de valor sentimental contribuem para a sensação de aconchego. Ter esses elementos à vista pode trazer benefícios emocionais ao remeter a momentos felizes;

Separação lazer e trabalho: Estabelecer áreas distintas para trabalho e descanso é crucial, mesmo em espaços menores. Criar uma separação física e mental entre essas atividades ajuda a evitar o estresse. Pequenos detalhes, como trocar a cadeira de trabalho por uma poltrona confortável, podem fazer toda a diferença.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp