30/01/2024 às 00h00min - Atualizada em 30/01/2024 às 00h00min

Biguaçu incorpora nova estratégia de vacinação contra a Covid-19 para 2024

PMB
A vacinação foi a principal medida de enfrentamento contra a Covid-19 e responsável por uma redução expressiva no número de casos graves e óbitos. Com o atual perfil epidemiológico da doença, o Ministério da Saúde atualizou a estratégia de vacinação para o ano de 2024, medida também incorporada pela Secretaria de Saúde de Biguaçu, a partir deste mês de janeiro.

Conforme especificado pelo órgão do Governo Federal na cartilha Estratégia de Vacinação Contra a COVID-19 – 2024, o imunizante foi incluído no Calendário Nacional de Vacinação Infantil, seguindo a Nota Técnica nº 118/2023 CGICI/DPNI/SVSA/MS, que dispõe sobre a indicação para crianças com idade entre 6 meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias.

Ainda segundo o documento, além do público infantil, a vacina continua sendo recomendada para os grupos de maior vulnerabilidade, como gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, imunocomprometidos, idosos, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, pessoas com deficiência permanente, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade e trabalhadores do sistema  penitenciário, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

O esquema primário (primeira e segunda dose) e/ou as doses de reforço para pessoas que não pertencem aos grupos prioritários não são mais indicados. Porém, o indivíduo que optar por iniciar ou concluir o esquema inicial de vacinação, deve seguir as orientações do Ministério da Saúde, sintetizadas no material disponível no link: https://dive.sc.gov.br/phocadownload/GEDIM/Esquema-Estrategia-Vacinacao-Covid-19-2024.pdf.

Nova escala de aplicação das vacinas nas UBS

Por conta das mudanças e de acordo com o abastecimento do Estado de Santa Catarina, a Secretaria Municipal de Saúde elaborou uma nova escala de dias e horários de aplicação do imunizante nas salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Biguaçu.

Veja o cronograma, por vacina e faixa etária:

Pfizer Baby (de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias)  e Bivalente (a partir de 12 anos)

UBS Marcos Antônio- segunda-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Santa Catarina- segunda-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Jardim Janaína- terça-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Vendaval-  terça-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Saveiro- quarta-feira,  das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Prado- quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Cachoeiras- quinta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h;

UBS Centro- terça e quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Bom viver- sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Três Riachos- sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Tijuquinhas- sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Fundos- de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11:00 e das 13h às 17h, até fevereiro. Em março, o horário de atendimento passará a ser das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia.

Pfizer pediátrica ( de 5 anos a 11 anos, 11 meses e 29 dias)

UBS Marcos Antônio- segunda e sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h;

UBS Centro- terça e quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h.

Para ser vacinado (a), é necessário apresentar um documento de identificação com foto, Cartão do SUS (se tiver) e os comprovantes das doses contra Covid-19 recebidas anteriormente. No caso das categorias profissionais, também é preciso ter em mãos um comprovante do vínculo profissional.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp