25/10/2023 às 09h30min - Atualizada em 26/10/2023 às 00h01min

Funkeiro inova e lança primeira música com inteligência artificial do Brasil

Responsável pelo projeto, empresa brasileira 8Beats é pioneira na criação de batidas usando IA e projeta faturar R$ 10 milhões nos próximos dois anos

Letícia Rodrigues
8Beats

Primeira música com beats produzidos por inteligência artificial, “Se entrega e vem sem medo”, novo single do hitmaker Kevin o Chris, promete revolucionar a indústria fonográfica. Disponível em todas as plataformas digitais, o hit tem batidas personalizadas criadas pelo DJ DeeDee Beatz, inteligência artificial desenvolvida pela 8Beats, empresa brasileira pioneira na produção de feats com IA para potencializar o talento dos humanos. 

Esse lançamento marca o início de uma nova era, onde a criatividade humana se une ao poder da inteligência artificial para elevar a qualidade das músicas, em menos tempo e com uma redução de até 100 vezes no custo de grandes feats ou batidas. “Queremos democratizar a colaboração musical, abrindo novas possibilidades para artistas experientes que buscam algo inovador para seu público, e também ajudando os iniciantes, que ainda não tem técnica ou recursos para produzir uma boa música", diz Fernando Silva, CEO e fundador da 8Beats. 

Para alcançar a meta de levar uma IA ao Top 50 do Spotify, Fernando, de apenas 21 anos, conta com a expertise de Talita Rock, tradicional figura da cena musical brasileira que além de sócia ocupa o cargo de Chief Artist na 8Beats. “Projetamos um faturamento de R$ 10 milhões até 2026 e, para isso, vamos lançar uma plataforma de vendas de beats desenvolvidos por IA, para apoiar a comunidade artística ao disponibilizar batidas mais baratas e personalizadas, além de permitir feats com DJs inovadores”, finaliza o fundador.

Animado com o novo hit, o cantor Kevin o Chris afirma que a parceria com o DJ DeeDee Beatz, inteligência artificial desenvolvida pela 8Beats, trouxe uma batida única e inovadora para a sua música. “Sempre quis explorar novas possibilidades na indústria musical e acredito que o uso da IA é uma tendência que veio para ficar”, diz o funkeiro. 


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp