23/10/2023 às 11h51min - Atualizada em 23/10/2023 às 16h00min

Grupos de emagrecimento online. Heróis ou Vilões?

Nutricionista e Terapeuta comentam as vantagens participar de um grupo durante o processo de reeducação alimentar

Em Pauta
Em Pauta
Assessoria Elisa Lobo
Os grupos online de emagrecimento vêm ganhando o coração das pessoas e, para muitos especialistas, eles são um excelente caminho para o sucesso na reeducação alimentar. Entretanto, a nutricionista ortomolecular, Elisa Lobo, alerta para a atenção na hora de participar de um destes grupos. “Particularmente, eu não vejo razão para se estar em um grupo, onde não existe um profissional da área, que saiba o que está fazendo com a sua saúde. Outro problema de grupos aleatórios é a competição, que pode ocorrer. Não acho saudável. Sei que algumas pessoas se sentem bem, funcionam bem com a disputa, mas também sei que muitas outras criam novos problemas psicológicos e, para mim, a saúde emocional tem que ser prioridade sempre”, afirma ela.
Outro ponto levantado pela especialista é a importância de um profissional da área da psicologia para o suporte emocional dos participantes desses projetos. Para ela, por mais que a nutricionista tenha respaldo e competência para guiá-los, emagrecimento não se relaciona apenas com questões físicas e esse profissional poderá lidar com os problemas psicológicos e com a dificuldade comum na mudança de hábitos, que dificultam a perda de peso.
Para a terapeuta e mentora sistêmica, Denise de Oliveira, as vantagens de se participar de um grupo nesse processo de emagrecimento são inúmeras, como o apoio entre os participantes, que passam por dificuldades afins; o acolhimento, o sentimento de pertencimento, que fortalece e faz com que as pessoas se sintam mais seguras; a troca de vivência; a criação de relacionamentos; entre outros. “Eu acho que, no grupo, a pessoa pode reconhecer que ela não é pior, nem melhor do que ninguém, mas que todo mundo ali é diferente entre si”, conclui a profissional.
Nos grupos online de emagrecimento, geralmente se trabalha com um protocolo comum a todos os participantes, o que pode gerar dúvidas. Como pessoas tão individualmente diferentes podem se beneficiar de algo tão amplo? Elisa Lobo explica que usar estratégias alimentares generalizadas, apesar das pessoas serem individualizadas, baseadas na qualidade alimentar, especialmente focadas em comida de verdade só tendem a trazer benefícios ao todo. “Qualquer pessoa no mundo, independente de idade, raça, estado de saúde ou outros pontos, vai se beneficiar de uma alimentação pautada em comida de verdade. Não existe contraindicação”, ressalta.
A especialista explica ainda que condições específicas de saúde podem ser previamente informadas no momento da inscrição, mas que, de maneira geral, todos vão se beneficiar, quando esses grupos são pautados e baseados em comida de verdade. “As pessoas relatam, inclusive, o quanto doenças e sintomas melhoram significativamente ou até se revertem com a participação nos grupos”, conta.
Para concluir, Denise de Oliveira nos explicou que não consegue ver reais desvantagens na participação em grupos de emagrecimento, a não ser que a pessoas não se responsabilizem pelos seus processos ou que não estejam prontas para a troca. “Há também a pessoa que tem a crença, por exemplo, de que emagrecer não é para ela e aí quando ela entra em um grupo, já entra se sentindo menor e pode se encolher ao ver o progresso dos demais. Então, acho que, em resumo, a mentalidade pode ser a grande desvantagem nesse processo de trabalho coletivo, porque se eu entro com uma mentalidade distorcida do objetivo do grupo, ali passa a ser um problema e não um lugar de sucesso. No mais, só vejo benefícios”, destaca.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp