15/10/2020 às 10h41min - Atualizada em 15/10/2020 às 10h41min

Estudo da UFSC avalia resistência das pessoas a vacinas

Da Redação
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
Pesquisadores da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) estão convocando voluntários para responder ao questionário on-line do estudo ‘Atitudes frente à vacina para Covid-19: papel das diferenças psicológicas individuais’, uma iniciativa multicêntrica que visa identificar a motivação para muitas pessoas serem contrárias e resistentes à vacinação.

O projeto investigará as variáveis psicológicas associadas à atitude frente às vacinas e poderá colaborar para campanhas de saúde pública mais efetivas, ao identificar os fatores psicológicos que tornam indivíduos mais suscetíveis à atitude desfavorável à vacinação da Covid-19. 

“Tendo em vista a recente pandemia da Covid-19 e a possibilidade de, em breve, haver uma vacina disponível à população, faz-se fundamental entender as razões para as resistências populares à vacinação”, destacam os pesquisadores. 

O trabalho é liderada pelo psicólogo Thales Vianna Coutinho, professor do Instituto Presbiteriano Gammon e doutorando em Medicina Molecular pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e conta com a professora Natália Martins Dias, do Departamento de Psicologia da UFSC, entre os membros da equipe. 

O time inclui ainda as psicólogas Fernanda Camargo Silva (Dalmass) e Mariana Rodrigues Gonçalves Dias (mestranda na Faculdade de Medicina da UFMG) e o cientista político Thiago Perez Bernardes de Moraes (Uniandrade).

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp