09/10/2023 às 19h31min - Atualizada em 10/10/2023 às 00h00min

Dia Mundial da Obesidade e Dia Nacional de Prevenção da Obesidade: pets também merecem atenção especial para uma vida saudável

Conheça os principais sintomas e tratamentos de obesidade em animais de estimação e saiba como cuidar do bem-estar do seu bichinho

Luciana Cunha
Petlove

No Dia Mundial da Obesidade e Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, que acontecem em 11 de outubro, é fundamental lembrar que os pets também podem enfrentar problemas de excesso de peso. Assim como em humanos, a obesidade nos animais pode levar a uma série de complicações e doenças e, por isso, é importante estar atento aos sinais e adotar medidas para mantê-los saudáveis e em forma.

Segundo a médica-veterinária da Petlove, Joana Portin, não é difícil identificar se o pet está acima do peso adequado. Quando ele apresenta uma gordurinha visível na barriga, quando a coleira está ficando mais apertada ou até mesmo quando ele está menos ativo, com menos energia para brincar e se exercitar são indicativos de que ele pode estar acima do peso Outros sintomas comuns que Joana Portin, destaca são:
- dificuldade em sentir as costelas ao tocar no pet;
- aparente camada espessa de gordura corporal;
- grandes quantidades de gordura no pescoço, tórax, base da cauda e na região da virilha;
- ausência completa de cintura e abdômen distendido.

São vários os fatores que podem levar animal à obesidade, incluindo o fato de serem idosos, já que nessa fase o metabolismo tende a ser mais lento . Dentre os principais, destacam-se o excesso de alimentação e a falta de exercícios físicos que prejudicam o bem-estar e a saúde dos pets. Portin destaca ainda a importância de regular a alimentação, em especial os petiscos que são ofertados aos pets. 

“Não ofereça sobras de alimentação humana, pois podem conter muitos carboidratos refinados, temperos e gorduras que, em conjunto com a dieta normal, podem contribuir para um excesso de energia ingerida”, alerta. 

A profissional também comenta que os tutores precisam educar cães e gatos para que não criem o hábito de ficar ao redor da mesa nos momentos de alimentação. Sobre a prática de exercícios físicos, ela explica que as atividades são muito importantes pois “trazem uma melhora na resposta insulínica, hormônio que faz o controle da glicose, impedindo assim que as taxas de açúcar se elevem na corrente sanguínea”, explica Joana.

A veterinária da Petlove ressalta que animais acima do peso têm mais chances de desenvolverem problemas cardiorrespiratórios, osteomusculares, diabetes e doenças oftalmológicas. Por isto, é fundamental promover a perda de peso para garantir uma melhor qualidade de vida e bem-estar.

Cuidar da saúde do pet é uma demonstração de amor e carinho. Por isso, é importante que o animal seja levado para consultas regulares a veterinários , evitando não apenas a obesidade mas também outras doenças. A profissional da Petlove explica que é preciso fazer uma avaliação física com um profissional, mas os cuidados não param por aí.

“Os exames complementares também podem esclarecer se há maiores complicações como aumento de glicemia, triglicerídeos, colesterol e/ou se já há depósito de gordura do fígado. Quando há obesidade já constatada, pode-se também incluir check ups hormonais e, dependendo da avaliação clínica, check up cardiológico”, finaliza. Portin também lembra que contar com plano de saúde pet pode ser um bom aliado para auxiliar na manutenção do bem-estar de cães e gatos, já que há modalidades bem acessíveis (como os planos da Petlove, que começam a partir de R$19,90 por mês) e que contam com uma cobertura nacional que inclui consultas, exames e vacinas, o que proporciona tranquilidade para o tutor e o pet ao garantir o cuidado necessário mesmo em situações imprevisíveis. Além disso, a Petlove conta também com um setor de teleorientação veterinária, que ajuda o tutor a entender mais sobre a saúde do seu pet e atuar na prevenção de doenças ou complicações mais graves.

 

Lançamento da Websérie Nossos Pets: Obesidade
Pensando na importância da atenção à saúde de cães e gatos obesos e acima do peso, a Petlove estreia a segunda temporada da sua websérie, intitulada “Nossos Pets: Obesos”, documentário que conta com relatos de tutores com pets nesta condição, além de orientações de especialistas veterinários para prevenir e tratar a questão. O primeiro episódio já está disponível de modo gratuito no canal da Petlove no Youtube, em www.youtube.com/watch?v=Sj5eMsL1K4Y


Sobre o Grupo Petlove
Fundada em 1999, a Petlove iniciou suas atividades como um e-commerce, pioneiro no setor no país, e hoje se consolida como o primeiro ecossistema pet no Brasil. Atualmente, a companhia engloba outras frentes de negócios, como saúde, hospedagem e serviços, sempre focada em oferecer soluções completas para tutores e pets, seja no mundo virtual ou presencial. Com as frentes de planos de saúde e os serviços da DogHero, a companhia conecta a jornada do cliente, que pode resolver todas as questões relativas ao pet em um só lugar. A empresa também tem forte atuação no segmento B2B e busca a valorização dos profissionais do setor, com soluções voltadas a médicos veterinários e petshops, empreendedores e pet sitters, fortalecendo todo o ecossistema pet por meio das plataformas de conteúdos técnicos e auxílio ao médico veterinário e de gestão de negócios com as marcas Vet Smart e Vetus, respectivamente.


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp