09/10/2023 às 15h20min - Atualizada em 09/10/2023 às 20h01min

ACO-3: Acupuntura de Tung e Ozonioterapia para potencializar saúde e bem-estar

Conheça o método que vem ganhando espaço no mercado para potencializar resultados e acabar com as dores no corpo

Leads & Cia
@drafatimavasconcelos_

Existem muitas técnicas de terapias integrativas para melhorar saúde e bem-estar de pacientes, sendo a Acupuntura clássica uma delas. O método com as agulhas, em pontos específicos do corpo, vem da Medicina Tradicional Chinesa e ajuda muitas pessoas. Mas o que poucos sabem, é que existe uma outra linha desse tratamento, conhecida como Acupuntura de Tung, que consiste basicamente em usar menos agulhas, selecionando menos pontos, de maneira mais focada e específica. Dra. Fátima Vasconcelos sempre sonhou em trabalhar na área da saúde, começou como esteticista e professora, mas encontrou também na Acupuntura um caminho de ajudar pessoas ao longo desses anos de atuação. Junto com o Dr. Rafael Ferreira, que estuda Ozonioterapia aplicada às práticas estetas, de harmonização e saúde integrativa, começou a estudar os benefícios de ambos procedimentos para potencializar resultados.

Assim, depois de muitos estudos e tecnologias surgindo no mercado, juntaram no ACO-3 todos os benefícios da Acupuntura de Tung e da Ozonioterapia. A (Acupuntura) C (Correspondência) O (Ozonizada), trabalha os pontos da Acupuntura com a aplicação através da seringa de Ozônio. “A agulha utilizada é a 30G, conhecida como agulha amarela, associada à seringa de Ozonioterapia”, conta Dra. Fátima.

O método consiste na avaliação individual de cada paciente, exames de imagem altamente tecnológicos através da termografia, onde é possível ver claramente os resultados nos pontos de dor e aplicação de Ozonioterapia em pontos estratégicos de Acupuntura de Tung. Após esse processo, o resultado é acompanhado, e, caso a dor não desapareça, o paciente passa pela Dry Needle, um método de agulhamento seco, uma agulha de insulina nos pontos de dor. Os profissionais seguem avaliação e finalizam o protocolo com vias sistêmicas de Ozônio.

“O tratamento não tem contraindicações e efeitos colaterais, sendo minimamente invasivo. Indicado para dores em geral, como lombar, ciático, joelho, cabeça, entre outros. Avaliamos cada caso”, completa a Doutora.

Existem muitos depoimentos de pacientes que já trataram problemas de diferentes complexidades e obtiveram êxito. Tudo indica que a Ozonioterapia veio para ficar e o Método ACO-3 ainda ajudará muitas pessoas.

"Eu estava sentindo muita dor de cabeça, por conta da sinusite, e nada fazia melhorar. Já tinha tomado muitos remédios, corticóides e antibióticos, e nada resolvia. A Fátima me indicou o procedimento com Ozonioterapia e na primeira semana já melhorou muito meu bem-estar e não tenho mais dores de cabeça de antes. Minha qualidade de vida melhorou, meu sono melhorou", trecho do depoimento de uma das pacientes.


Conheça mais!

@drafatimavasconcelos_


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp