04/10/2023 às 12h27min - Atualizada em 05/10/2023 às 00h01min

Simpósio Internacional aborda Candida auris

Troca de experiências e preparação para enfrentar o fungo emergente em debate

Pollyana Cabral Porto
IIzabela de Carvalho
O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF), a Diretoria de Ensino e Pesquisa (Diep) e a Superintendência do Hospital do Base são reconhecidos e agradecidos pelo apoio prestado para a realização do Simpósio Internacional online e presencial sobre Candida auris. O evento, que aconteceu na última sexta-feira, reuniu especialistas nacionais e internacionais (dois conferencistas do Reino Unido, um dos EUA e outro da Holanda), para compartilhar experiências essenciais sobre esse fungo emergente que tem alarmado a comunidade científica no âmbito da saúde pública.

 O infectologista e chefe do Núcleo de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital de Base, Dr. Julival Ribeiro, ressaltou a importância da troca de conhecimento, afirmando "este simpósio é uma oportunidade única para unir esforços e compartilhar estratégias eficazes no combate à Candida auris. Ao aprender com os surtos anteriores e discutir abertamente sobre os desafios que este fungo apresenta, estamos fortalecendo nossa capacidade de resposta e aprimorando nossos protocolos para um possível cenário no Distrito Federal."

A Candida auris representa uma ameaça significativa devido ao seu alto potencial de disseminação no ambiente, dificuldade de diagnóstico e resistência a diversos antifúngicos. Acometendo principalmente indivíduos já debilitados em sua saúde, como pacientes de UTI, pacientes oncológicos e aqueles que utilizam dispositivos médicos, o fungo tem gerado preocupação diante dos surtos que já ocorreram em estados brasileiros como Pernambuco, Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

No Distrito Federal, até o momento, não há registros desse fungo emergente. Este simpósio internacional se mostra fundamental para promover uma reflexão conjunta e aprimorar os protocolos de enfrentamento. “Ao compartilhar conhecimentos e experiências, pretendemos fortalecer a capacidade de resposta, garantindo que estejamos preparados para lidar com a Candida auris caso surja no DF,” conclui o especialista.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp