04/05/2021 às 00h00min - Atualizada em 04/05/2021 às 00h00min

​Setor de eventos ganha novo fôlego após liberação em Santa Catarina

Da Redação
Pixabay/Domínio Público
Depois de mais de um ano suspensos, os eventos estão permitidos de acordo com o mapa de classificação de risco da pandemia. Os regramentos estão detalhados nas Portaria nº 454 e 455 e no Decreto nº 1.267/2021, publicados no Diário Oficial na última sexta-feira (30). O texto passou a vigorar em  1º de maio e segue valendo até o dia 17 de maio.

O novo decreto permite a realização de eventos sociais, como casamentos e aniversários, e corporativos, como congressos, palestras e reuniões de qualquer natureza, até às 23h nos níveis gravíssimo e grave.

A liberação da atividade vem sendo articulada há meses. “O setor atuou junto ao Governo e equipe técnica da saúde na construção de protocolos sanitários, que, inclusive, têm servido de modelo para outros estados. Por ser um setor altamente regrado e profissional, que está acostumado a fazer controles e seguir procedimentos, acreditamos que pode ser uma retomada gradual e monitorada”, aponta Marco Aurélio Floriani, presidente da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio SC e da Federação dos Convention Bureau de Santa Catarina.

Segundo Floriani, deverá ser criado um grupo de trabalho permanente do setor, que avaliará o que foi liberado e os resultados, e um sistema de rastreabilidade, que permite identificar os participantes por meio de um QRcode, caso seja necessário comunicar as autoridades de saúde. A Santur também está trabalhando na criação do selo Evento Seguro, que estabelece regras para as empresas que trabalham no setor, nos moldes do programa Viagem+SC.

Casas noturnas, boates e pubs poderão abrir no nível gravíssimo e grave, utilizando apenas o espaço do salão para realização de eventos sociais, com limite de ocupação e funcionamento das 6h às 23h. O horário de consumo de bebida alcoólica no estabelecimento comercial foi estendido para as 23h, nos níveis gravíssimo e grave, e para a meia-noite, no nível alto.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp