14/10/2020 às 17h07min - Atualizada em 14/10/2020 às 17h07min

Desfigurado, Figueirense não resiste ao Sampaio Corrêa fora de casa, perde e segue na zona de rebaixamento

Marcos Eduardo Carvalho
Lucas Almeida/Sampaio Corrêa
Desfigurado por conta de 12 jogadores positivos para a Covid-19, o Figueirense perdeu para o Sampaio Corrêa por 3 a 0 na tarde desta quarta-feira, no estádio Castelão, em São Luiz, no Maranhão, em jogo atrasado da quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo havia sido adiado justamente porque, na oportunidade, nove atletas do Sampaio testaram positivo. Desta vez, porém, a CBF não adiou a partida.

Com o resultado, o Figueira segue na zona de rebaixamento, com apenas 14 pontos, em antepenúltimo lugar, e já com o mesmo número de jogos dos demais. O time maranhense, por outro lado, foi a 20 pontos.

O time catarinense teve as 12 baixas por conta da Covid-19 e não teve o técnico Elano, pelo mesmo motivo, sendo substituído por um dos auxiliares, Rafael Rodrigues. De última hora, ainda perdeu o zagueiro Jhonatan Silva e o atacante Gabriel Barbosa, ambos com sintomas – o primeiro nem viajou para São Luiz e o segundo voltou para Florianópolis antes. Além dos 12 atletas cinco membros da comissão técnica estão com o vírus.

Pelo menos, contou com a estreia do atacante Alecsandro, recém-contratado pelo time catarinense. Ele, porém, pouco pôde fazer.

Agora, o Figueira volta a jogar no sábado, quando visita o Brasil de Pelotas, às 18h30, no Rio Grande do Sul. No domingo, às 20h30, o Sampaio Corrêa visita o Paraná.

O JOGO.

Em campo, a partida começou com o Sampaio Corrêa tentando pressionar e aproveitar os desfalques do Figueira, além do forte calor maranhense. Porém, o time catarinense tentava se colocar bem defensivamente, evitando uma chegada mais forte dos donos da casa.

Mas a pressão dos donos da casa foi muito forte e, aos 25min, o Sampaio Corrêa abriu placar com o zagueiro Boaventura, que aproveitou uma sobra na entrada da área e bateu forte, no meio do gol: 1 a 0.

Mesmo em desvantagem no placar, o Figueirense não conseguia levar perigo e o time maranhense era amplamente superior. Aos 41min, ainda acertou uma bola no travessão, com Roney. Antes do intervalo, Roney novamente acertou a trave, em lance de muito perigo.

No segundo tempo, o Figueirense até teve uma boa chance no começo, com uma saída errada da defesa maranhense. Mas os desfalques estavam pesando no time, que não conseguia levar perigo ao gol adversário e ainda tinha que se segurar lá atrás.

Aos 9min, Caio Dantas foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti contra o Figueira. O próprio Caio Dantas cobrou e ampliou para o Sampaio Corrêa. Dois minutos depois, Pimentinha arrancou pela direita, chutou e obrigou Sidão a fazer grande defesa, evitando o terceiro.

Depois, os donos da casa, com a vitória já praticamente assegurada, dosaram o jogo  e o Figueirense não teve mais força para reagir. Nos acréscimo, Jackson ainda fez o terceiro dos donos da casa.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp