28/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 28/04/2021 às 00h00min

​Covid-19 já provocou mais mortes de catarinenses em 2021 do que em 2020 inteiro, diz UFSC

Da Redação
Julio Cavalheiro/Secom
O Necat (Núcleo de Estudos de Economia Catarinense) da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) publicou a 50ª edição do boletim Covid-19 em Santa Catarina. Com o título Covid-19 já provocou mais mortes de catarinenses em 2021 do que em todo o ano de 2020, a edição foi assinada pelo professor Lauro Mattei, coordenador geral do Necat.

De acordo com a edição, março de 2021 apresentou uma grande explosão do número de óbitos, uma vez que somente nesse mês foi registrado 32% do total de mortes que ocorreram no estado em 13 meses de pandemia. Isso significou um crescimento de 48% em relação ao total existente até o mês anterior. 

Ao somar os percentuais dos meses de janeiro e fevereiro, verifica-se que 51,5% de todos os óbitos registrados no estado ocorreram nos três primeiros meses de 2021. Além disso, se for considerado o período entre dezembro de 2020 e março de 2021, observa-se que 65% do total de mortes ocorreu em apenas quatro meses.

O boletim ainda afirma que, em apenas 113 dias do ano de 2021, a Covid-19 já matou 60% de todos os catarinenses que vieram a óbito desde o início da pandemia. Já o restante dos óbitos (40%) ocorreu durante 280 dias do ano de 2020.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp