12/10/2020 às 07h47min - Atualizada em 12/10/2020 às 07h47min

UFSC firma parceria com Ministério para diagnosticar conectividade em rotas turísticas no país

Da Redação
Bruna Prado/Ministério do Turismo/Divulgação
Santa Catarina é um dos principais destinos turísticos do Brasil, recebendo gente do país inteiro e também do exterior. Até por conta deste potencial, a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) fechou uma parceria no início do mês com o Ministério do Turismo para fazer um o diagnóstico das condições de circulação e de conectividade em rotas turísticas no país.

O trabalho conjunto será feito através do LabTrans (Laboratório de Transportes e Logística) do Departamento de Engenharia Civil. O acordo de cooperação técnica contempla a realização de estudos e pesquisas relacionados ao planejamento do transporte turístico de passageiros.


O Ministério do Turismo encomendou o “raio-X” de 30 rotas turísticas estratégicas brasileiras, contempladas pelo Programa Investe Turismo. O plano de trabalho da UFSC envolverá o mapeamento, diagnóstico e proposições referentes aos modos rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, contemplando sua infraestrutura e pontos de apoio, regulação, iniciativas de fomento, bem como a integração multimodal. O cronograma do estudo compreende 24 meses. De acordo com a UFSC, a previsão é de que a conclusão aconteça em setembro de 2022.

Em entrevista à Agência de Comunicação da UFSC, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ressaltou que o trabalho da Universidade irá ajudar a entender de forma mais assertiva quais as melhorias que precisam ser feitas, principalmente em um período pós-pandemia, para garantir infraestrutura adequada, conforto e segurança para o turista.

 “Desde o início da pandemia, o Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, tem agido para proteger os trabalhadores do setor, reduzindo os impactos econômicos da pandemia de Covid-19, ao mesmo tempo em que atua para garantir a proteção dos turistas. Fomos um dos primeiros países do mundo a criar o Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro, que garante mais segurança aos turistas que já começam a viajar e frequentar locais que cumpram os protocolos necessários para a prevenção da Covid-19”, afirmou.

O ministro destacou que a UFSC, por meio do Labtrans, reúne alto conhecimento técnico e experiência em infraestrutura e serviços de transporte em nível nacional. “Ter a UFSC como parceira de primeira linha na melhoria da mobilidade e conectividade turística é fundamental, pois permitirá o maior aproveitamento das experiências obtidas e dos produtos elaborados no âmbito desses TEDs, promovendo ganhos de sinergia das ações governamentais e melhor aplicação dos recursos públicos federais”, avaliou.

Além do levantamento bibliográfico e da avaliação da atual situação legislativa, a ação tem ainda como metas: avaliação e diagnóstico da infraestrutura de transportes; desenvolvimento de base georreferenciada; diretrizes para estabelecimento de políticas públicas integradas para mobilidade e conectividade turística; estabelecimento de programa de integração multimodal; proposições para implantação de programa de conservação e manutenção de trechos rodoviários de interesse turístico; plano diretor de mobilidade e conectividade; e apoio técnico e capacitação aos setores públicos locais e entidades privadas ligadas ao turismo.

Labtrans

Criado em 1998 pelo professor Amir Mattar Valente, o setor da UFSC tem como objetivo contribuir com a melhoria da qualidade do ensino, com a pesquisa e a extensão nos setores de transportes e logística.

“Tendo a extensão universitária como um dos seus pilares, esta parceria com o Ministério do Turismo proporciona à UFSC a possibilidade de contribuir para o setor turístico do país. Além disso, proporciona aos técnicos e estudantes, envolvidos no projeto, a possibilidade de participação de um projeto de relevância nacional, trazendo experiência e bagagem para os atores do processo”, disse o coordenador da LabTrans, Rodolfo Nicolazzi Philippi
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp