31/03/2021 às 17h51min - Atualizada em 31/03/2021 às 17h51min

Juventus quebra invencibilidade do Joinville no Catarinense

Marcos Eduardo Carvalho
Arthur Nétto/Juventus
O Juventus quebrou a invencibilidade do Joinville ao vencer por 3 a 2 na tarde desta quarta-feira, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul, pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense.

Com o resultado, o Moleque Travesso, do técnico Pingo, subiu momentaneamente para o terceiro lugar, com 12 pontos, e se recupera da goleada sofrida para o Brusque no domingo. O JEC, por sua vez, segue com 11 pontos, em quarto lugar, mas com uma partida a menos.

O JEC foi comandado por Felipe Sampaio, pois o técnico Vinícius Eutrópio passou por uma cirurgia no rim nesta quarta e, assim, ficará cerca de 20 dias afastado do clube.

Agora, o Juventus volta a jogar no sábado, às 16h, quando visita o Próspera, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma. No mesmo dia, às 19h, o Joinville joga em casa, na Arena Joinville, no clássico contra a Chapecoense.

O JOGO.

Mesmo como visitante, foi o Joinville quem tomou a iniciativa da partida, com o primeiro chute a gol logo a um minuto, obrigado Iago Hass a fazer a primeira defesa.

Depois, aos 11min, após a defesa do time da casa sair jogando errado, Davi Lopes roubou a bola, avançou e chutou na trave, com muito perigo.

Porém, no primeiro ataque para valer, o Juventus abriu o placar. Aos 15min, Eric Di María, que recebeu livre e tocou na saída de Fabián Volpi: 1 a 0.

O gol animou ou time da casa, que foi para cima e, dois minutos depois, em bola alçada na grande área, quase ampliou.

Porém, aos 20min, após contra-ataque parado com falta, Davi Lopes cobrou com categoria, no canto esquerdo, empatando o jogo: 1 a 1.

O jogo estava equilibrado, nervoso e, aos 35min, o técnico Pingo foi expulso por reclamação, deixando o Juventus sem seu comandante no banco.

Antes do intervalo, o Juventus chegou de novo com perigo, aos 44min, em chute de fora da área que Volpi fez boa defesa.

No segundo tempo, o time da casa voltou mais ofensivo, sufocando o JEC nos primeiros minutos. Aos 7min, Dí Maria recebeu livre e, cara a cara com o goleiro, chutou em cima de Volpi, que fez grande defesa; na sobra, Fabinho chutou e goleiro pegou de novo.

De tanto tentar, o Moleque Travesso desempatou o jogo aos 16min, com Wallinson, de cabeça, desviando cruzamento para a grande área: 2 a 1.

Mas o Juventus, mesmo melhor em campo, não conseguiu sustentar a vantagem. E aos 30min, após cruzamento direita, o Joinville empatou com Yann Rolim, que havia acabado de entrar, e completou na segunda trave: 2 a 2.
O jogo seguia movimentado e, aos 34min, Dí Maria chegou na cara do gol e foi derrubado na área: pênalti.

Fabinho foi para a cobrança e mandou no canto direito, com categoria: 3 a 2. Depois, o Joinville não teve mais forças para reagir.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp