28/03/2021 às 20h50min - Atualizada em 28/03/2021 às 20h50min

Joinville vence, segue invicto, e Criciúma segue na zona de rebaixamento

Marcos Eduardo Carvalho
Vitor Forcellini/JEC
O Joinville venceu o clássico contra o Criciúma por 1 a 0 na noite deste domingo, na Arena Joinville, no fechamento da sexta rodada do Campeonato Catarinense.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Vinícius Eutrópio, que ainda tem um jogo a menos, está em terceiro lugar, com 11 pontos, e ainda invicto no torneio.

Por outro lado, o time comandado pelo técnico Hemerson Maria segue sem vitórias no Estadual e na temporada 2021. Com apenas 3 pontos, está na vice-lanterna da competição, à frente apenas do Metropolitano.

Agora, o JEC volta a jogar na quarta-feira, quando visita o Juventus de Jaraguá do Sul, às 16h. O Tigre, por sua vez faz o clássico de Criciúma contra o Próspera, no mesmo dia, a partir das 21h30, no estádio Heriberto Hulse.

O JOGO.

A primeira grande chance foi do Criciúma, logo aos 2min, com Pedrinho, quando Fabián Volpi fez grande defesa após cruzamento para a grande área.

Quatro minutos depois, novamente com Pedrinho, o Tigre quase marcou, em chute que passou perto do gol.
E só dava Pedrinho. Aos 11 e aos 12min ele teve outras duas chances seguidas, mas não soube aproveitar.

Mas quem abriu o placar foi o Joinville. Aos 18min, Davi Lopes recebeu na entrada da área e bateu colocado: 1 a 0.
O Criciúma tentou reagir aos 25min, quando Léo chutou, Fabián Volpi espalmou e, no rebote, Gabriel Silva não conseguiu finalizar com qualidade.

O JEC quase ampliou com Alison Mira aos 30min. Ele ficou cara a cara com o goleiro Gustavo, do Criciúma, que se antecipou e tirou de carrinho. Antes do intervalo, o Criciúma ainda teve outras chances para empatar, mas sem muito perigo.

No segundo tempo, aos 9min, Moacir tentou cruzar da direita e acabou mandando direto para o gol, mas a bola passou por cima, assustando o goleiro do Joinville.

A partida seguia em ritmo lento, com poucas oportunidades de gol. O Criciúma não conseguia pressionar para buscar o empate e o JEC também não tinha contundência no setor ofensivo.

O tempo ia passando e o Tigre ia aumentando o domínio territorial. Mas chegava também com pouca contundência nas finalizações.

O Criciúma praticamente só arriscava em bolas alçadas na grande área. E o Joinville, por sua vez, praticamente não atacava. E o jogo terminou com placar inalterado.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp