27/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 27/03/2021 às 00h00min

​Pneumologista do HU-UFSC alerta para reforço dos cuidados contra a Covid-19

Da Redação
Ricardo Wolffenbuttel/ SECOM
Os profissionais da área de pneumologia do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) fizeram mais um alertam para a necessidade de manter os cuidados para evitar contaminação por coronavírus, considerando a redução da idade média dos pacientes com problemas respiratórios, a evolução da doença em todo o Brasil e o surgimento de novas cepas, relatado em vários pontos do País.

A chefe do Unidade do Sistema Respiratório do HU, Elaine Cristina Caon de Souza Bulsing, disse que, mesmo com a vacinação, é preciso continuar com os cuidados em casa e no trabalho.

“Mesmo quem já foi vacinado precisa manter o isolamento sempre que possível, lavar as mãos frequentemente e evitar aglomeração”, afirmou, acrescentando que ainda é preciso novos estudos para identificar o efeito da vacina sobre as novas variantes do vírus. “Não é hora de relaxar, é preciso manter os cuidados para evitar a disseminação da Covid-19”, afirmou.

Elaine Caon explicou que várias atividades do Serviço de Pneumologia, como os exames respiratórios para pacientes não internados, foram suspensas para focar no atendimento a pacientes com Covid. A equipe de pneumologia recebe pacientes mais graves encaminhados pela Emergência, com o oxigênio baixo e que geralmente ficam internados.

“Percebemos que a idade média dos pacientes com problemas respiratórios caiu. Antes, eram pacientes na faixa de 70 anos e hoje atendemos pacientes na faixa de 36 a 50 anos”, disse a pneumologista, explicando que estes pacientes são tratados com cateter, máscara para respiração, ventilação mecânica e intubação, quando necessário, em tratamento intensivo.

A especialista disse que o sintoma mais comum dos pacientes que evoluem para quadros graves é a sensação de esgotamento físico ao executar tarefas cotidianas.

"Alguma atividade que o paciente fazia normalmente, como se levantar durante a noite ou erguer um objeto, mas que está sendo feito com cansaço, é um sinal que deve preocupar”, disse, voltando a alertar que é preciso manter os cuidados para evitar contaminação e procurar orientação de profissionais de saúde sempre que necessário.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp