09/10/2020 às 18h07min - Atualizada em 09/10/2020 às 18h07min

Fiesc prevê dólar a R$ 5,25 e taxa básica de juros a 2% no final do ano

Da Redação
Ricardo Wolffenbüttel / SECOM
A publicação Cenário Econômico, elaborada pelo Observatório Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), prevê que o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo) deve fechar 2020 com alta de 2,12%. Para 2021, a projeção é de 3%.

O IPCA é medido mensalmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e foi criado com o objetivo de oferecer a variação dos preços no comércio para o público final. O IPCA é considerado o índice oficial de inflação do país.

 Além disso, a Fiesc projeta que o dólar comercial vai fechar 2020 em R$ 5,25 e a taxa básica de juros vai terminar em 2%, o menor valor da série histórica, mantendo o patamar de 2,5% para 2021.

Quanto às previsões para o nível de produção industrial, a expectativa é que o indicador tenha retração de 6,3% no ano, mas a estimativa para 2021 é de um crescimento de 4,53%. 

Estado

Outro destaque do documento é o perfil da economia de Santa Catarina, a sexta maior do país, com um PIB de R$ 277 bilhões, do qual a indústria é responsável por 27%. O estado tem 50 mil estabelecimentos industriais que empregam 761 mil trabalhadores formais.  

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp