20/03/2021 às 17h53min - Atualizada em 20/03/2021 às 17h53min

Joinville e Concórdia ficam no empate por 1 a 1 na volta do Catarinense

Marcos Eduardo Carvalho
Vitor Forcellini/JEC
O Joinville empatou com o Concórdia por 1 a 1 neste sábado à tarde, no estádio Augusto Bauer, em Brusque, pela quarta rodada do Campeonato Catarinense, de volta após 15 dias de paralisação. O JEC foi o mandante da partida, pois não pode jogar na Arena Joinville por conta das restrições na cidade devido à Covid-19.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Vinícius Eutrópio foi a 8 pontos e segue em segundo lugar. Os comandados do técnico Emerson Cris foram a quatro pontos, momentaneamente em nono lugar.

Agora, o Concórdia recebe o Próspera, na quarta-feira, a partir das 16h. No mesmo dia, às21h30, o JEC visita o Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Em campo, o Joinville tentou pressionar, mas não conseguia. Em, nos contra-ataques, os visitantes eram até mais efetivos. A partida teve um outro curioso duelo: o goleiro do JEC, Fabian Volpi, é irmão de Neto Volpi, do Concórdia – ambos são primos de Thiago Volpi, do São Paulo.

Aos 13min, o Galo do Oeste chegou com perigo pela primeira vez; em cruzamento pela esquerda, o chute foi na direção do gol, mas Renan Castro travou a jogada e impediu a bola seguir caminho.

Mas o JEC foi mais eficiente. Aos 23min, Luquinha recebeu na entrada da área e chutou rasteiro, no canto direito, abrindo o placar: 1 a 0.

O Concórdia quase empatou dois minutos depois, quando a zaga do Coelho falhou na saída de bola, Michel pegou a bola e chutou por cima, com perigo.

O panorama do jogo ficou com o Galo do Oeste no campo de ataque, tentando pressionar, enquanto o Joinville tentava explorar os contra-ataques. E as chances de gol ficavam escassas.

Em um desses contra-ataques, aos 41min, veio o cruzamento rasteiro de Joãozinho da esquerda e o goleiro Neto Volpi interceptou antes da chegada do centroavante Alison.

Mas o Concórdia insistia e empatou aos 44min. Após cruzamento de Vinícius Baiano pela esquerda, o atacante Alan Grafite subiu de cabeça, com estilo, para mandar cruzado no canto direito: 1 a 1.

Veio o segundo tempo e o JEC quase desempatou logo aos 2min. Thiago Santos recebeu na direita e chutou de bico, à direita de Neto Volpi, com muito perigo.

Em seguida, aos 4min, foi a vez do Concórdia levar perigo. Após levantamento na área, Luiz Pedro se antecipou à zaga e desviou para o gol, mas Fabian Volpi tirou com os pés.

O jogo era bom, com chances para os dois lados. Aos 10min, Renan Castro cobrou falta para a grande área e o zagueiro Fernando Fonseca desviou de cabeça; o goleiro do Galo, atrapalhado pelo sol, não viu e a bola acabou acertando a trave esquerda, em lance muito perigoso.

O time mandante era melhor e quase marcou de novo aos 18min, com Diego Mathias, que recebeu livre pela direita e chutou à direita, raspando a trave, com muito perigo.

Outra chegada foi aos 27min, quando a zaga do Concórdia deixou espaço, Thiago Santos protegeu a bola na frente do goleiro e rolou para Gustavo Ermel, que encheu o pé mandou por cima, raspando o travessão, perdendo grande chance.

O Concórdia voltou a melhorar depois dos 30min, quando começou a ter posse de bola e voltou a ter chances de gol, como aos 32min, quando em um chute de longe Fabian Volpi teve que desviar para escanteio.
Nos minutos finais, o Galo do Oeste ainda teve a chance de virar, mas não conseguiu.

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp