23/03/2023 às 15h28min - Atualizada em 24/03/2023 às 00h01min

Thomas Law, presidente do Ibrachina, palestra no Smart City Expo Curitiba 2023

SALA DA NOTÍCIA Redação
https://www.ibrachina.com.br/
Divulgação

O executivo analisou os vetores de mudança para cidades mais inteligentes e sustentáveis entre a relação Brasil e China  

O presidente do Ibrachina e do Ibrachina Smart City Council, Thomas Law, palestrou no Smart City Expo Curitiba 2023, edição brasileira da maior rede mundial de eventos relacionados ao tema. Durante o evento, Thomas falou sobre a relação Brasil-China para o fomento das cidades inteligentes. O evento ocorreu nesta quarta-feira (22) e contou com um workshop e uma palestra do Ibrachina Smart City Council e Ibrawork.

Durante o workshop “Tetos e Barracas, Paredes e Calçadas - A inclusão dos mais vulneráveis sobre a ótica das Smart Cities”, ministrado no Workshop Ibrachina Smart City Council, Thomas citou a contribuição das cidades inteligentes para o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida. "É preciso debater as cidades inteligentes e a sua importância para a inclusão social, estamos cada vez mais comprovando que os sistemas de tecnologia influenciam no desenvolvimento da cidade e, consequentemente, a geração de inúmeras oportunidades para a população”, afirma Law na ocasião. 

Ele dividiu o palco com Soninha Francine, Secretaria de Direito e Cidade de São Paulo, Musa Miranda, advogada e Chefe de Gabinete na Câmara Municipal de São Paulo, Fernando Tohme, Coordenador do Ibrachina Smart City Council. e Tania Gomes Luz, Director of Innovation do Ibrawork Open Innovation. Durante o papo, Soninha abordou a discussão sobre moradores de rua em smart cities. “A população vulnerável também é clientela de soluções inovadoras e inteligentes, identificamos inúmeros perfis para personalizar os atendimentos e problemas que temos a resolver, para garantir a solução”, pontua Soninha. 

A secretária, ainda reforçou que “O Ibrachina Smart City Council proporciona debates que nem sempre conseguimos no setor público, por exemplo. É extremamente importante reunirmos autoridades e especialistas com expectativas e experiências variadas com o objetivo de produzir impactos positivos e, de verdade, para sociedade. O mundo real só faz sentido quando temos interações reais”, destaca Soninha. 

Durante a apresentação da palestra “Smart Cities na China - Cenários e Oportunidades ", ministrada no Espaço Ágora, Thomas Law trouxe a visão da China referente às cidades inteligentes e apontou os caminhos para acelerar a transformação das cidades brasileiras em smart cities. “As economias entre Brasil e China são complementares e a China possui um desenvolvimento tecnológico importante para o fomento de ações sustentáveis para diversos países, inclusive para o Brasil”, afirma Law. 

Para Thomas, a aceleração das cidades seria possível com energias renováveis, tendo uma relação de harmonia, equilíbrio e progresso entre as nações. Entre as novas oportunidades apontadas por ele estão a troca de experiências e tecnologias no agro, às cooperações acadêmicas e soluções de infraestrutura como o trem-bala.

Além disso, para ele o mecanismo legislativo é o mais concreto para as smart cities e pontua que é necessário discutir todos os processos jurídicos e de direitos humanos para uma real implementação das cidades inteligentes.  “Precisamos trabalhar de uma maneira mais concreta para a sociedade, de forma política. Podemos discutir vários temas, chamando o poder público, a OAB, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada”, defendeu Thomas.

O executivo Thomas Law irá acompanhar Lula na viagem à China e cita que “o intercâmbio entre os países será uma grande oportunidade de ganhos positivos, além da extração de investimentos para o desenvolvimento do Brasil".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp