16/03/2023 às 19h26min - Atualizada em 17/03/2023 às 00h01min

Pesquisa global da Unisys revela que 49% dos funcionários perdem de uma a cinco horas semanais de produtividade devido a problemas de TI

Pesquisa em parceria com a HFS “From Surviving to Thriving in Hybrid Work” revela insights relacionados à cultura e tecnologia do local de trabalho

SALA DA NOTÍCIA Beatriz Turella
Unisys
SÃO PAULO – Março de 2023 A nova pesquisa da Unisys intitulada “da sobrevivência à prosperidade no trabalho híbrido”, em tradução livre, realizada em parceria com a HFS Research, uma importante consultoria de pesquisa global — fornece um roteiro para os empregadores impulsionarem a produtividade e o engajamento dos funcionários.

Melhora na implantação da tecnologia e o suporte para aumentar o engajamento da força de trabalho
O acesso à tecnologia de ponta continuará a ser um fator crítico no engajamento e no desempenho dos funcionários, conforme evidenciado pelas conclusões do relatório. Dos colaboradores entrevistados, 62% indicam o acesso à tecnologia como um fator altamente motivador no desempenho do trabalho. No entanto, o relatório constatou que a abordagem das empresas para implantar e fornecer suporte contínuo para soluções de tecnologia criou desafios para os funcionários.
  • Quase metade (49%) dos funcionários estima que perdem entre uma e cinco horas semanais de produtividade da força de trabalho lidando com problemas de TI. No entanto, 42% das empresas não medem a perda de produtividade devido a problemas de TI.
  • Os funcionários querem ajudar a melhorar a experiência de TI, com 92% sendo um pouco ou muito dispostos a compartilhar seus dados se isso permitir um suporte de tecnologia mais preditivo.
Os empregadores também precisam estar atentos às diferenças geracionais no valor percebido de diferentes tecnologias para encontrar um equilíbrio entre o que é novo e inovador e o que aumentará a produtividade no local de trabalho. Por exemplo, os funcionários millennials veem um valor muito maior em chatbots, dispositivos vestíveis (como relógios, pulseiras ou até mesmo óculos de realidade virtual) e quadros brancos virtuais em comparação com seus colegas da Geração Z.

Investimento em programas de experiência do funcionário
Muitas empresas formaram ou intensificaram seus programas de experiência do funcionário (EX) em meio à Grande Demissão para melhorar o recrutamento e a retenção de funcionários. As empresas com programas EX muito maduros consideram seus funcionários mais engajados hoje do que há seis meses, a uma taxa de 74%, em comparação com aquelas com programas EX imaturos (24%).
Tanto os funcionários quanto os empregadores compartilham pontos de vista semelhantes em relação ao valor de um programa de experiência do funcionário. Mais de 60% dos colaboradores e empresas acham que um programa de experiência do funcionário afeta significativamente a produtividade, a retenção de talentos, a receita e a lucratividade dos funcionários.

O trabalho híbrido estabeleceu um novo padrão para modelos de trabalho
O modelo de trabalho híbrido se tornou o padrão, porém além de simplesmente implementá-lo, as organizações devem otimizá-lo para atrair e reter talentos, treinar e integrar novos membros da equipe, criar novos líderes e maximizar o engajamento e a produtividade. Outras descobertas importantes do relatório incluem:
  • 70% dos empregadores indicam que o híbrido persistirá como seu principal modelo de força de trabalho.
  • 67% dos funcionários híbridos citam a flexibilidade de localização para equilibrar trabalho/vida pessoal como um dos principais fatores motivacionais que influenciam seu desempenho no trabalho.
  • A capacitação individual no local de trabalho é uma necessidade – 70% dos funcionários afirmam que o poder de decisão é um fator crítico para sua motivação, em comparação com apenas 57% da administração citando isso como importante.

“A convergência da tecnologia no local de trabalho e o envolvimento dos funcionários nunca foi tão imperativa. As empresas continuam enfrentando decisões difíceis e devem avaliar como investir na criação do local de trabalho do futuro e promover uma forte cultura que aumente a felicidade dos funcionários”, disse Joel Raper, vice-presidente sênior e gerente geral de Digital Workplace Solutions da Unisys. “Este relatório reforça o que estamos vendo de nossos clientes à medida que as organizações se adaptam a uma mentalidade híbrida e embarcam nos tipos de iniciativas de gerenciamento de mudança organizacional que impulsionam a satisfação e a produtividade dos funcionários a longo prazo.”

Clique aqui para ver as conclusões completas do relatório.

Sobre a Unisys  
A Unisys é uma empresa global de soluções de tecnologia que impulsiona avanços para as principais organizações do mundo. Nossas soluções – local de trabalho digital; nuvem, aplicações e infraestrutura; computação empresarial; e processos de negócios – ajudam nossos clientes a desafiar o status quo e a criar novas possibilidades. Para saber como entregamos avanços para nossos clientes, visite o site
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp