09/03/2023 às 10h52min - Atualizada em 12/03/2023 às 00h01min

No Mês da Mulher, Instituto Consulado da Mulher lança livro sobre empreendedorismo feminino

O material conta a história de mulheres apoiadas pela ação social da marca Consul, que já beneficiou mais de 38 mil pessoas em seus 20 anos de atuação

SALA DA NOTÍCIA Aline Silva

Dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, data para celebrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos, e refletir sobre as questões ainda necessárias para a conquista da igualdade de gêneros. Na mesma data, foi criado o Instituto Consulado da Mulher, ação social da marca Consul que apoia o empreendedorismo feminino há 20 anos e que contribui para a realização dos sonhos de muitas mulheres pelo Brasil. Para fechar o ciclo de comemorações das duas décadas, onde já foram beneficiadas mais de 38 mil pessoas, o Consulado lança um livro digital - disponível gratuitamente para download - contando um pouco das histórias dessas mulheres e de quem foi fundamental na criação e desenvolvimento do projeto. 

Entre elas está Antônia Lopes que, após participar de assessorias  do Consulado, fundou a “Doce Encanto”, empresa de doces e salgados. Uma história de luta e muita superação por conta de sua relação com o pai e seu ex-marido. A empreendedora encontrou nas filhas a força necessária para seguir em frente e ter seu próprio negócio. “Comecei vendendo quitutes em frente ao campus de uma universidade, e kits com bolos e salgados para festas. Vendi muito, ganhei muito e gastei na mesma proporção. Eu não sabia como cobrar, não calculava gastos para a produção de cada item. Trabalhava muito e ainda não tinha lucro. Em 2018, vi um cartaz do Consulado da Mulher. Eu nunca tinha ouvido falar daquela Instituição que se propunha a fortalecer mulheres empreendedoras. Mas eu confiava na Consul. Era a marca dos produtos que eu tinha em casa, que há anos eram testemunhas e parceiros silenciosos de minha luta. Me inscrevi, fui selecionada e já na primeira aula fechei meus olhos e agradeci: meu Deus, achei o meu caminho”, conta. 

Durante as assessorias, Antônia aprendeu a separar os gastos da empresa e de sua casa, a pesar, medir, custear, precificar. “Aprendi a poupar e produzir seguindo regras da Vigilância Sanitária, fotografar, divulgar, embalar. No final de 2019, nossa equipe já tinha oito pessoas, mulheres precisando de um apoio como eu um dia precisei”

Apoiar e transformar a vida de tantas mulheres, que têm histórias parecidas com as da Antônia, é o que faz o Consulado ser referência há 20 anos. “Desde o começo, abraçamos essa causa, muito antes do tema empreendedorismo feminino ganhar visibilidade. A Consul está presente em milhares de lares brasileiros e é a marca para mover a transformação da realidade de tantas mulheres no Brasil. Além da capacitação para os negócios, o Consulado da Mulher é responsável por resgatar, muitas vezes, a autoestima dessas mulheres e a realização de sonhos, incentivando cada uma delas a voarem cada vez mais alto”, afirma Patricia Pessoa, diretora de Marketing, Inovação, Digital & Customer Life Time Value na Whirlpool. 

A ação social da marca Consul está ligada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS 5 - alcançar a equidade de gênero; ODS 8 - promover o crescimento econômico inclusivo e sustentável; ODS 1 - erradicar a pobreza), e faz parte da agenda ESG (sigla em inglês para Meio Ambiente, Social e Governança) da Whirlpool que, há mais de 60 anos, tem um forte compromisso com os três pilares.

Segundo pesquisa feita pela Iniciativa de Educação de Menina das Nações Unidas, quando a renda de uma mulher instruída aumenta, ela investe 90% dessa renda de volta em sua família. Para Leda Böger, diretora do Consulado, investir na mulher é investir na sociedade. É uma alegria poder celebrar as duas décadas de realização desse propósito. O livro conta histórias de mulheres reais, que transformaram suas vidas por meio do empreendedorismo. Mulheres que souberam olhar de maneira diferente para os problemas de sempre e, com o apoio do Consulado da Mulher, fizeram de seus sonhos realidade, transformando tudo ao seu redor”. De acordo com um levantamento realizado pelo Consulado, mais de 80% das participantes do programa ainda estão em atividade e 89% continuaram a aumentar sua renda. 

O livro traz memórias de pessoas que tiveram participação no Consulado, entre membros do Conselho Gestor, executivos e colaboradores da Whirlpool, ex-executivos da fabricante de eletrodomésticos, integrantes do Consulado, além de mais relatos de empreendedoras assessoradas. Para baixar o livro gratuitamente, basta acessar o site https://www.consuladodamulher.org.br/


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp